Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.589,74
    +1.457,39 (+2,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Com dinheiro de prêmio, Juliette vai pagar cirurgia cardíaca da mãe

Leonardo Ribeiro
·1 minuto de leitura

O dinheiro do prêmio conquistado por Juliette no "Big Brother Brasil 21" já tem uma parte de destino: pagar a cirurgia do coração da mãe da maquiadora. Dona Fátima Freire sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) em 2019 por ter uma má formação no órgão. A doença trouxe sequelas.

"Até hoje Fátima não recuperou a frmeza das mãos e, às vezes, sente desconfortos", explica Monaliza Novais, amiga de Juliette.

Leia mais

A má formação no coração de Fátima está relacionada ao forame oval patente, um orifício localizado no músculo, que possibilita, durante a gestação, que os bebês recebam sangue oxigenado da mãe. Nos primeiros meses de nascimento, ele é fechado naturalmente, na maioria dos casos. Quando isso não ocorre, a abertura pode causar a passagem de coágulos de sangue do lado direito para o esquerdo do órgão, o que causa o AVC.

Para além da gravidade da doença, o derrame despertava traumas na paraibana, que já tinha visto a irmã, de 17 anos, morrer. Foi então que Juliette passou a cuidar ainda mais da mãe, quase como uma inversão de papéis. Monaliza acompanhou a atual confinada do "BBB21" quando Fátima precisou ser internada as pressas.

"Foi bem desgastante. Ficamos todos muito tensos. A mãe dela mora em Campina Grande e Juliette foi de ônibus de João Pessoa para lá. Eu liguei para todo mundo que conhecia. Amigos médicos, enfermeiros, avisei a outros amigos de Juliette. Minha amiga ficou abalada, mas sempre muito forte. Deu tudo certo. Depois, dona Fátima passou um tempo em João Pessoa em nosso apartamento", relembra.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News