Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.481,51
    -778,24 (-0,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.242,07
    -465,65 (-1,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,52
    -1,33 (-3,34%)
     
  • OURO

    1.904,50
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    12.957,94
    -192,08 (-1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,39
    -5,02 (-1,91%)
     
  • S&P500

    3.392,22
    -73,17 (-2,11%)
     
  • DOW JONES

    27.611,85
    -723,72 (-2,55%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.427,00
    -236,50 (-2,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6425
    -0,0214 (-0,32%)
     

Luxemburgo deixou o Palmeiras restrito a ideias passadas

Alexandre Praetzel
Luxemburgo colocou a molecada para jogar e foi campeão paulista. Foto: Marcello Zambrana/AGIF
Luxemburgo colocou a molecada para jogar e foi campeão paulista. Foto: Marcello Zambrana/AGIF

Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Palmeiras. Ele foi dispensado depois da derrota para o Coritiba, por 3 a 1. Conforme o blog já havia publicado anteriormente, o desempenho do time foi estranho e pareceu que o time não estava em sintonia com o treinador.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Imagino que Luxa tenha percebido isso com o terceiro resultado negativo consecutivo, depois de 12 jogos invicto. Luxa lançou Patrick de Paula, Gabriel Menino, Veron e Wesley, apesar de manter só os dois primeiros como titulares. Todos pediram passagem desde o início do ano e esse foi o maior mérito do treinador, acreditando na molecada. No entanto, como jogo, o Palmeiras nunca mostrou evolução. Conseguiu muitos pontos através da boa qualidade do seu elenco e com boas doses de sorte em vários momentos.

Leia também:

Quando o Palmeiras precisou de avanço tático, não houve. Raros foram os bons jogos da equipe, mesmo que tenha conquistado o Campeonato Paulista, 12 anos depois. O legado de Luxa é essa conquista. De resto, pouca herança para o próximo profissional que assumir. Luxemburgo aumentou seu currículo, mas permaneceu com ideias passadas e arraigadas de um tempo que passou no futebol.

Agora, o Palmeiras precisa de alguém que saiba mexer com o elenco e seja mais cobrador e menos apegado ao cargo. Não será fácil.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos