Mercado abrirá em 5 h 55 min

Luta contra o rebaixamento fez despedida de Ronaldinho pelo Atlético ser adiada

Ronaldinho Gaúcho vai ter de esperar mais alguns meses para fazer o último jogo pelo Atlético (Wander Faria/AGIF)

Estava marcada para o dia 11 de dezembro a última partida de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Atlético-MG. Mas o jogo festivo que seria disputado no Mineirão foi adiado para 2020, por decisão do estafe do craque, responsável pela organização da partida. Solicitação que foi aceita pelo clube, que é apenas um envolvido no evento. O fraco desempenho atleticano no segundo turno do Campeonato Brasileiro é o motivo do adiamento. O time somou apenas 14 pontos em 42 disputados e ainda corre risco de rebaixamento.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

É verdade que a possibilidade de queda atleticana, neste momento, está abaixo de 1%, de acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). No entanto, pouco tempo atrás, o Atlético tinha apenas duas vitórias em 15 rodadas, com mais dois empates e 11 derrotas. A derrota em casa para a Chapecoense, virtualmente rebaixada, ligou todos os alertas possíveis na Cidade do Galo.

A luta contra o rebaixamento só completou o 2019 de decepções para o atleticano, que viu o time perder dois mata-matas para o Cruzeiro, no Mineiro e na Copa do Brasil, além da eliminação na semifinal da Copa Sul-Americana, dentro de casa, para o Colón, da Argentina. Para evitar que a despedida de Ronaldinho fosse afetada pelo momento ruim do time, ficou decidido que o melhor a se fazer seria adiar o evento.

Existia o temor que o público pudesse ser muito abaixo do esperado. Apesar de se tratar de Ronaldinho, um dos maiores jogadores deste século e ídolo histórico do Atlético, e a expectativa de contar com outros ex-jogadores renomados, como espanhol Puyol, a fase de péssimos resultados certamente influenciaria na procura por ingressos e também no interesse por produtos relacionados ao craque. A ideia é fazer algumas ações, como o lançamento de uma camisa exclusiva para o jogo.

Uma nova data para a despedida de Ronaldinho ainda não está marcada. Mas já é certo que o jogo não acontecerá mais em 2019. Com o Atlético fora da Copa Libertadores (a possibilidade de classificação é ainda menor do que de rebaixamento – 0,19% x 0,25%), o calendário alvinegro será bastante folgado até o fim de abril de 2020, quando o time principal terá compromissos apenas pelo Campeonato Mineiro e fases iniciais da Copa do Brasil. Época que pode ser ideal para a despedida de Ronaldinho.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter