Mercado fechado

Chamado de "namoradinho do Brasil", Lulu Santos ironiza e "descarta" ministério

Lulu Santos comanda live. Foto: reprodução/YouTube

A live era romântica, em homenagem ao Dia dos Namorados, mas Lulu Santos não deixou de fazer sua crítica política. Durante interação com o público de seu show transmitido no YouTube na noite da última sexta-feira (12), o cantor brincou com o fato de ter sido chamado de “namoradinho do Brasil” e ironizou a atriz Regina Duarte, que teve passagem relâmpago à frente da Secretaria especial da Cultura do governo Jair Bolsonaro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Me chamaram de namoradinho do Brasil. Achei legal, mas essa é uma honra dúbia. Só espero não acabar em nenhum ministério”, brincou o cantor, fazendo referência ao famoso apelido de Regina, marcada por papéis românticos no início de sua trajetória na TV.

Leia também:

O encerramento do show, realizado no tradicional hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, também foi uma manifestação política. Lulu dedicou parte de seu repertório para as famílias que perderam um ente querido em meio à pandemia do coronavírus e citou o tributo feito às vítimas que foi vandalizado por apoiadores bolsonaristas esta semana.

“É uma forma de respeito meu a essa manifestação que há ainda na praia de Copacabana. Trocaram as cruzes que foram depredadas por espíritos malignos de porco por covas, pra significar o que tem que significar. Há perdas, batemos a marca de mais de 40 mil [mortos]. É uma homenagem a essas famílias e respeitando essa homenagem que foi feita aqui”, disse o artista.

O clima romântico, no entanto, esteve marcado nas canções de Lulu, especialmente no hit “Tão Bem”, que teve a letra ligeiramente modificada para celebrar o casamento do cantor com Clebson Teixeira. O público aprovou o refrão, que agora diz: “Ele me faz tão bem”.