Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.632,94
    +2.099,68 (+3,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Lula se solidariza com Felipe Neto após youtuber chamar Bolsonaro de genocida

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
Lula fez postagem nas redes sociais para se solidarizar com Felipe Neto (Foto: Cris Faga/Anadolu Agency via Getty Images/ Reprodução/Instagram)
Lula fez postagem nas redes sociais para se solidarizar com Felipe Neto (Foto: Cris Faga/Anadolu Agency via Getty Images/ Reprodução/Instagram)

O ex-presidente Lula manifestou solidariedade ao youtuber Felipe Neto. O produtor de conteúdo foi intimado pela polícia a prestar depoimento por chamar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de genocida.

Lula ainda classificou o ocorrido como “tentativa de intimidação” e “censura”. Na última segunda-feira, 15, Felipe Neto relatou que a polícia foi até a casa dele para entregar o documento que o intima a depor.

Leia também:

“Manifesto minha solidariedade a Felipe Neto. Que a tentativa de intimidação e censura desse desgoverno não o impeça de continuar se manifestando livremente, como é próprio da democracia, independente de sua posição. O silenciamento é uma das armas do fascismo”, postou o petista nas redes sociais.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Segundo o próprio youtuber, a intimação acontece após pedido de Carlos Bolsonaro, vereador pelo Rio de Janeiro e filho do presidente. Ele mesmo já pediu a intimação de Neto por “corrupção de menores”.