Mercado fechará em 2 h 56 min
  • BOVESPA

    108.735,04
    +905,31 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.849,92
    -485,59 (-0,91%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,61
    +0,47 (+0,61%)
     
  • OURO

    1.886,10
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    22.883,75
    -32,99 (-0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    528,24
    -8,65 (-1,61%)
     
  • S&P500

    4.134,23
    -29,77 (-0,71%)
     
  • DOW JONES

    34.072,49
    -84,20 (-0,25%)
     
  • FTSE

    7.895,45
    +30,74 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    21.283,52
    -15,18 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.606,46
    -79,01 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    12.619,00
    -157,75 (-1,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6050
    +0,0279 (+0,50%)
     

Lula nomeará Tarciana Medeiros para chefiar BB e Rita Serrano para Caixa

Rita Serrano, nova presidente da Caixa (à esquerda), e Tarciana Medeiros, nova presidente do BB (à direita) foram anunciadas por Fernando Haddad, futuro ministro da Fazenda de Lula - Foto: Reprodução/Youtube
Rita Serrano, nova presidente da Caixa (à esquerda), e Tarciana Medeiros, nova presidente do BB (à direita) foram anunciadas por Fernando Haddad, futuro ministro da Fazenda de Lula - Foto: Reprodução/Youtube

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva vai nomear Tarciana Medeiros para a presidência do Banco do Brasil e Rita Serrano para a presidência da Caixa Econômica Federal, afirmaram nesta sexta-feira o futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e a presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

Nascida em Campina Grande (PB) e funcionária de carreira no BB desde o ano 2000, Medeiros, de 44 anos, passou por áreas de varejo, agronegócio, seguros no BB.

Desde 2021 é gerente de relacionamento com clientes, responsável por canais digitais. Ela é bacharel em administração de empresas e cursa MBA em inteligência de negócios.

Já Serrano é membro do conselho de administração da Caixa, como representante dos empregados da instituição. Ela é funcionária do banco desde 1989 e tem a trajetório ligada à causa sindical. Foi presidente do Sindicato dos Bancários do ABC entre 2006 e 2012. É graduada em história e estudos sociais, e tem mestrado em Administração e especialização em governança para conselheiros de administração.

Ao anunciar as nomeações, o futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que as indicadas "estão absolutamente alinhadas com o plano de governo do presidente Lula, sabem dos desafios que estão colocados em relação ao sistema de crédito no Brasil", e mencionou um projeto imediato de renegociação de dívidas para famílias de baixa renda endividadas.