Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,70
    +0,49 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.236,61
    -963,91 (-3,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1526
    -0,0662 (-1,27%)
     

Lula-gigante encontrada em praia do Japão intriga cientistas; veja!

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Na última quarta-feira (20), uma lula-gigante — de cerca de três metros de comprimento — foi encontrada na praia de Ugu, em Obama (Japão), despertando a atenção das autoridades e dos cientistas locais. Apesar de estar muito longe de casa, o espécime foi encontrado vivo e depois transportado o quanto antes para o Aquário Echizen Matsushima, de uma cidade vizinha chamada Sakai.

O animal raro foi encontrado por um morador, que contatou o governo municipal de Obama. A situação se destaca por sua excentricidade, uma vez que não é esperado que uma lula gigante seja trazida viva para a costa, segundo declaração das próprias autoridades, ao jornal japonês The Mainichi.

No sábado (22), a Agence France-Presse chegou a compartilhar em sua conta do Twitter um vídeo da lula-gigante em uma piscina rasa, anunciando que o animal seria transportado para o aquário.

Entretanto, uma preocupação compartilhada por cientistas do grupo AUT Lab for Cephalopod Ecology and Systematics, concentrado em estudar a vida de cefalópodes, é que a lula-gigante não sobreviva por causa do choque de temperatura das águas.

A lula-gigante (Architeuthis spp.) é um cefalópode da ordem Teuthida, conhecida por ser o segundo maior invertebrado existente na Terra, perdendo apenas para a lula-colossal. As espécies do gênero costumam habitar as profundezas dos oceanos. Recentemente, as lulas protagonizaram um outro vídeo que ganhou destaque por mostrar sua capacidade de mudar de cor para se adaptar ao ambiente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos