Mercado fechará em 3 h 17 min
  • BOVESPA

    125.112,47
    -1.034,19 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.182,17
    -58,34 (-0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,88
    -0,03 (-0,04%)
     
  • OURO

    1.804,30
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    32.180,31
    -136,97 (-0,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    777,77
    -15,96 (-2,01%)
     
  • S&P500

    4.404,81
    +37,33 (+0,85%)
     
  • DOW JONES

    35.021,20
    +197,85 (+0,57%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.070,50
    +142,00 (+0,95%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0937
    -0,0265 (-0,43%)
     

Luiza Trajano confirma que foi convidada para concorrer à presidência do Brasil

·2 minuto de leitura
  • Luiza Trajano, do Magalu, afirmou que foi convidada a concorrer para presidente do Brasil.

  • Ela diz que não aceitou o convite.

  • Não é a primeira vez que empresária é sondada.

A empresária Luiza Trajano, presidente do conselho da rede varejista Magazine Luiza, afirmou em entrevista no YouTube que chegou a ser convidada para se candidatar à presidência do Brasil. Ela não entrou em detalhes sobre quem fez o convite, ou qual seria o partido envolvido na proposta.

Leia também:

Mas, nessa mesma entrevista, Trajano afirmou que não aceitou o convite. As informações são de reportagem do portal de notícias UOL.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Essa não é a primeira vez que a presidente do conselho do Magazine Luiza foi sondada para assumir uma candidatura. Em fevereiro deste ano, a empresária usou suas redes sociais para desmentir boatos de que seria candidata a vice de uma chapa com Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores (PT) nas próximas eleições presidenciais.

Interesse do PT

A notícia começou a circular depois que Washington Quaquá, uma das lideranças do PT, afirmou em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo que via com bons olhos uma possível chapa Haddad-Trajano.

“Precisamos nos reconectar com o empresariado que tem relação com o mercado interno e com o eleitor de centro, para formar maioria, ganhar e governar”, disse Quaquá. “Eu acho uma super chapa: Haddad/Luiza Trajano.”

O assunto repercutiu nas redes sociais e chegou aos temas mais comentados do Twitter.

“Nunca pensei que tivesse que escrever duas vezes esse assunto”, escreveu Trajano em sua rede social. “Por favor me ajude a divulgar”, pediu.

“Reafirmo que não sou candidata a presidente nem a vice-presidente. Não fui procurada por nenhum partido político e não entendo essa especulação envolvendo meu nome. Minha atuação se dá por meio da sociedade civil organizada, em movimentos como o Grupo Mulheres do Brasil e o Unidos Pela Vacina, sem pretensão de ocupar cargos eletivos. Agradeço o carinho que recebemos no lançamento da campanha 'Unidos pela Vacina'", diz Trajano no texto.

"Gostaria de deixar claro que Não sou candidata a presidente do Brasil, nem sou filiada a nenhum partido político. O que defendo é a união da sociedade civil organizada, com todos trabalhando juntos, como temos feito no Grupo Mulheres do Brasil. Só unidos vamos vencer esse inimigo tão difícil que é o vírus."

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos