Mercado abrirá em 2 h 28 min
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,93
    +0,32 (+0,37%)
     
  • OURO

    1.791,30
    -3,70 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    36.715,63
    +158,43 (+0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    832,60
    +13,10 (+1,60%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.500,71
    -53,60 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.094,00
    +107,25 (+0,77%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0458
    +0,0218 (+0,36%)
     

Luiza Trajano é eleita uma das mulheres mais influentes de 2021 pelo Financial Times

·2 min de leitura
*ARQUIOVO* Sao Paulo, SP, BRASIL, 05-11-2020:  ***Especial Livro da Colecao FOLHA*** Retrato da empresaria Luiza Trajano  (em seu apartamento no bairro  Jardim Paulista)  para especial Colecao FOLHA (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
*ARQUIOVO* Sao Paulo, SP, BRASIL, 05-11-2020: ***Especial Livro da Colecao FOLHA*** Retrato da empresaria Luiza Trajano (em seu apartamento no bairro Jardim Paulista) para especial Colecao FOLHA (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Luiza Trajano, presidente do conselho de administração da Magazine Luiza, foi escolhida umas das 25 mulheres mais influentes de 2021 pelo jornal britânico Financial Times nesta quinta (2). Ela é a única brasileira a aparecer na lista.

Na lista, Trajano é definida como uma das mulheres de negócios e líderes sociais mais notáveis do Brasil, considerada uma inspiração para empreendedores em todos os lugares -mesmo não sendo bem conhecida fora do país, o que, de acordo com o jornal, deveria ser.

O trabalho de Trajano em questões sociais envolvendo igualdade de gênero e raça foi destacado. O Financial Times diz que é ainda mais notável por conta da desigualdade social no Brasil, no qual "a elite empresarial costuma ser acusada de viver em uma bolha".

O jornal destaca também sua história no empreendedorismo. Trajano começou a trabalhar aos 17 anos na loja de calçados da família, no município de Franca (SP), e transformou o negócio varejista em uma das maiores potências da América Latina. Segundo o jornal, o grupo Magazine Luiza está avaliado em mais de US$ 10 bilhões (R$ 56,1 bilhões) e emprega mais de 40 mil funcionários.

A apresentação é assinada por Gillian Tett, presidente do conselho editorial do Financial Times.

A seleção das Mulheres do Ano é feita anualmente com o objetivo de celebrar não somente a influência, mas as conquistas femininas em diversos lugares do mundo.

Neste ano, as biografias foram escritas por personalidades como Jane Fraser, Christine Lagarde, Elizabeth Warren, Billie Jean King, Malala e Greta Thunberg.

A lista está dividida em três categorias: líderes, heroínas e criadoras. Na parte de líderes, na qual Trajano foi indicada, aparece a nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, diretora-geral da OMC (Organização Mundial do Comércio) e a política norte-americana Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos EUA.

Como criadoras, a atriz Scarlett Johansson e a produtora e roteirista Shonda Rhimes, ambas dos EUA, foram escolhidas, além da cineasta chinesa Chloé Zhao.

Dentre as heroínas, o jornal indicou a cientista de dados Frances Haugen, ex-funcionária do Facebook que liberou à imprensa documentos da empresa após deixar seu cargo em maio deste ano e deu origem aos chamados Facebook Papers.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos