Mercado fechará em 6 h 40 min
  • BOVESPA

    117.477,18
    -83,65 (-0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,85 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,32
    +0,87 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.706,60
    -14,20 (-0,83%)
     
  • BTC-USD

    19.640,91
    -496,57 (-2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    447,05
    -16,08 (-3,47%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.985,37
    -11,90 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    17.740,05
    -272,10 (-1,51%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.340,50
    -201,25 (-1,74%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0976
    -0,0159 (-0,31%)
     

Lufthansa Technik desperta interesse de investidores financeiros, diz fonte

BERLIM (Reuters) - O plano da Lufthansa de vender uma participação em seu negócio de manutenção de aeronaves Lufthansa Technik atraiu mais interesse de investidores financeiros do que empresas de engenharia rivais, disse uma fonte à Reuters na quinta-feira.

A empresa aérea estava mais propensa a optar por uma venda de participação de cerca de 20% a 30% do que a alternativa de lançar uma oferta inicial de ações, acrescentou a fonte.

Separadamente, o jornal de negócios Handelsblatt informou que a Lufthansa planeja iniciar negociações com investidores de private equity em dezembro sobre a venda da participação.

Na melhor das hipóteses, o conselho poderia ter uma lista de ofertas não vinculativas em janeiro de 2023, disse o jornal. O conselho visa uma avaliação entre 6 e 8 bilhões de euros, incluindo dívidas, acrescentou, citando fontes da Lufthansa.

O diretor financeiro da Lufthansa, Remco Steenbergen, havia dito em agosto que o processo de venda começaria no início de 2023. Ele deixou em aberto se a Lufthansa havia se comprometido a vender ações e desistiu de um IPO. A empresa não quis comentar a respeito quando questionada nesta quinta-feira.

(Por Ilona Wissenbach)