Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.854,72
    +2.475,80 (+2,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.854,06
    +586,86 (+1,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,84
    +1,78 (+4,13%)
     
  • OURO

    1.803,00
    -34,80 (-1,89%)
     
  • BTC-USD

    19.193,16
    +741,20 (+4,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,82
    +11,07 (+2,99%)
     
  • S&P500

    3.630,87
    +53,28 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    29.999,52
    +408,25 (+1,38%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.078,75
    +173,50 (+1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3961
    -0,0442 (-0,69%)
     

Ludmilla lembra racismo em voo de 1ª classe: "Ficou incomodada e mudou de lugar"

Giselle de Almeida
·2 minuto de leitura
No "Altas Horas", Ludmilla revela episódio em que foi vítima de racismo. Foto: reprodução/TV Globo
No "Altas Horas", Ludmilla revela episódio em que foi vítima de racismo. Foto: reprodução/TV Globo

Nem mesmo artistas de renome como Ludmilla e Alcione estão livres de preconceito. As cantoras recordaram situações em que foram vítimas de racismo no “Altas Horas” do último sábado (14). No caso da funkeira, o episódio ocorreu durante um voo para a Itália, em que uma passageira se recusou a sentar ao seu lado na primeira classe do avião.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Estava colocando as minhas malas e tinha uma senhora branca sentada. Ela virou e falou: ‘Tem certeza que o seu lugar é aqui?’. Na inocência, olhei de novo [o cartão de embarque] e disse que sim. Ela fez, 'ahhh', levantou e foi em direção ao comissário”, disse.

Leia também:

Ludmilla explicou que levou um tempo até cair a ficha. “Pensei: ‘Não acredito que ela está fazendo isso. Está incomodada por que eu vou sentar aqui? Se está incomodada, ela vai ter que se mudar’”, contou.

E foi exatamente o que aconteceu. A passageira escolheu um novo assento. “Não aceitou que uma preta tem a mesma condição dela de ir na primeira classe. Ela que tem se mudar e sair da sociedade por não aceitar esse tipo de coisa”, concluiu a artista.

Com mais anos de estrada, Alcione também coleciona histórias do tipo. No início da carreira, foi impedida de se apresentar em um clube. “Fui dar uma canja, eu não era muito conhecida, e o clube disse que eu e o guitarrista não poderíamos entrar porque nós éramos negros. Sempre achei que passaria por cima disso igual a um trator, e passei”, declarou.

Em outra ocasião, ela tomou as dores do amigo Emílio Santiago, recusado em uma casa de shows. “Após esse episódio com o Emílio, teve um baile no Pão de Açúcar e essa mulher estava lá, perto de uma escada. Joguei o latão de lixo sobre ela. Que vingança boa!”, lembrou, aos risos.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube