Mercado fechado

Lucro trimestral da Nintendo dispara graças à pandemia

Shingo ITO
·3 minuto de leitura
Loja da Nintendo em Tóquio (Japão) em 1 de fevereiro de 2021

O grupo japonês Nintendo anunciou nesta segunda-feira (1) resultados excepcionais para o terceiro trimestre do ano fiscal graças à demanda sem precedentes de seu jogos e consoles, provocada pelos confinamentos para frear a pandemia de covid-19, que está estimulando o setor.

Enquanto as novas ondas de infecções acabam com as esperanças de recuperação de muitos setores da economia, o endurecimento das restrições contribui para prolongar o bom momento das empresas de jogos eletrônicos.

Neste contexto, a Nintendo voltou a aumentar as previsões para todo o ano graças aos bons resultados, em particular do console Switch e do jogo "Animal Crossing".

A empresa anunciou que as vendas globais do Switch para o período entre outubro e dezembro alcançaram o nível mais elevado desde o lançamento do produto, em março de 2017.

O lucro líquido atingiu 376,7 bilhões de ienes (3,6 bilhões de dólares), 91,8% a mais que no período abril-dezembro do ano anterior.

As vendas subiram 37,3%, a 1,4 trilhão de ienes, segundo a Nintendo.

O grupo, que elevou suas previsões anuais no trimestre passado, indicou que aumentará ainda mais suas perspectivas de lucro líquido, a 400 bilhões de ienes para o ano fiscal que termina em março, contra a estimativa anterior de 300 bilhões de ienes.

As vendas para todo o ano devem alcançar 1,6 trilhão de ienes, contra 1,4 trilhão da projeção de novembro.

"O rendimento da Nintendo foi forte, pois as vendas do console Switch continuam aumentando", afirmou Hideki Yasuda, analista do Instituto de Pesquisas Ace, com sede em Tóquio.

"Embora não tenha lançado grandes títulos recentemente, as vendas de software também foram bem", declarou à AFP, antes de destacar que a empresa "parece ter percorrido a crucial temporada de Natal com estilo".

"A pandemia foi um fator chave, mas o forte rendimento atual ressalta a grande popularidade do Switch", disse Yasuda.

Desde que chegou às lojas há quase quatro anos, o console se tornou um grande sucesso de vendas em todo o planeta, graças a jogos inovadores e familiares que convenceram tanto a crítica como os jogadores.

Em 2019, a Nintendo lançou o Switch Lite, uma versão reduzida e mais barata do console.

Os investidores estão atentos agora aos sinais de uma possível nova versão do Switch porque as vendas podem começar a cair no próximo ano fiscal, segundo os analistas.

De modo geral, os novos consoles da Nintendo alcançam o pico de vendas no terceiro ano depois do lançamento e depois começam a registrar um redução.

Mas a empresa com sede em Kyoto espera que a demanda do Switch permaneça forte durante toda a temporada. Analistas afirmam que neste caso poderia romper a "maldição" do quarto ano.

A empresa rival Sony, que lançou o esperado PlayStation 5 no fim do ano passado, pretende anunciar os resultados do terceiro trimestre ainda nesta semana.

As ações da Nintendo subiram mais de 50% nos últimos 12 meses e antes da publicação dos resultados fecharam com alta de 3,40%, a 62.640 ienes.

si/kaf/sah/dan/pc/es/fp