Lucro do Itaú, maior banco privado do país, baixou 7% em 2012

São Paulo, 28 jan (EFE).- O Itaú-Unibanco, maior banco privado do país, obteve o ano passado um lucro líquido de R$ 13,594 bilhões, com uma redução de 7% do lucro líquido em relação ao de 2011, informou nesta terça-feira a instituição.

Os lucro anuais, no entanto, são os segundos maiores para um banco na história do Brasil, apenas superados pelos do próprio Itaú em 2011 (R$ 14,621 bilhões).

O lucro do banco no último trimestre de 2012 somou R$ 3,492 bilhões, com uma redução de 5,1% em comparação ao mesmo período de 2011, mas com uma alta de 3,6% em comparação com o terceiro trimestre do ano passado.

Apesar da queda do lucro líquido, o Itaú elevou sua carteira de crédito para R$ 426,595 bilhões em dezembro, 7,45% a mais que o do mesmo mês de 2011.

A taxa de expansão do crédito foi inferior à dos bancos públicos e à do Bradesco (11,5%), segundo maior banco privado do país, devido a que o Itaú revisou no ano passado seus critérios de concessão de crédito para reduzir o risco e os índices de falta de pagamento.

A decisão fez com que o Itaú perdesse participação no mercado de crédito, que vem crescendo no Brasil em geral pela decisão do governo de reduzir as taxas de juros, que desceram no ano passado para seu menor nível em muitos anos, e de incentivar as vendas de diversos setores para enfrentar a crise econômica.

O próprio Itaú atribuiu a queda do lucro líquido em 2012 ao menor crescimento dos créditos, mas projeta para 2013 uma expansão dos empréstimos de até 13%.

A taxa de inadimplência do Itaú, que mede o total de créditos com mais de 90 dias de atraso no pagamento, caiu de 4,9% em dezembro de 2011 para 4,8% em dezembro. Essa taxa chegou a subir para 5,1% em setembro de 2012.

A redução da taxa de falta de pagamento lhe permitiu ao banco reduzir suas provisões para créditos de risco de R$ 5,94 bilhões no terceiro trimestre do ano passado até R$ 5,68 bilhões no quarto trimestre.

Os ativos do banco somavam em dezembro R$ 1,014 trilhão, com um crescimento de 19,1% em comparação aos do mesmo mês de 2011 e que o confirmam como a maior instituição financeira privada do Brasil.

O patrimônio líquido da instituição cresceu 4,03% em um ano até R$ 74,220 bilhões em dezembro.

Apesar da baixa do lucro líquido em 2012, os lucro do Itaú foram muito superiores aos do Bradesco (R$ 11,381 bilhões ou cerca de US$ 5,690 bilhões) no mesmo período. EFE

Carregando...