Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.041,13
    +1.115,53 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,18
    -1,04 (-1,28%)
     
  • OURO

    1.812,40
    -2,80 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    17.020,28
    +86,58 (+0,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.983,50
    -79,25 (-0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Lucro dos bancos tem alta de 20% e chega a R$ 138 bi no acumulado de 12 meses até junho, diz BC

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 11.01.2022 - Fachada do Banco Central, em Brasília. (Foto: Antonio Molina/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 11.01.2022 - Fachada do Banco Central, em Brasília. (Foto: Antonio Molina/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Os bancos registraram lucro líquido de R$ 138 bilhões no acumulado de 12 meses até junho deste ano, alta de 20% em relação ao mesmo intervalo até junho de 2021, segundo dados do relatório de estabilidade financeira divulgado pelo Banco Central nesta quinta-feira (3).

O documento também mostra que o montante é 5% superior ao registrado em 2021, quando os bancos alcançaram lucro de R$ 132 bilhões.

De acordo com a autoridade monetária, a rentabilidade do sistema bancário se manteve estável no primeiro semestre deste ano e, após recuperação em 2021, se consolidou próxima dos níveis pré-pandemia.

Para o BC, os resultados do sistema devem continuar resilientes, embora existam incertezas relativas ao cenário econômico no médio prazo.

"A rentabilidade do sistema deve se manter resiliente, mas o cenário econômico, marcado por condições financeiras restritivas e inflação elevada, exige atenção por parte das instituições. Eventual piora da atividade econômica e deterioração da qualidade do crédito pode afetar os resultados dos bancos à frente", disse o BC no documento.

A autarquia também informou que se reduziu o ritmo de crescimento das receitas de serviços, enquanto as despesas administrativas seguem sob controle, apesar das pressões inflacionárias.

No relatório, o BC destacou que o Pix continua aumentando sua relevância no sistema financeiro e no sistema de pagamentos brasileiro e que 99% das transações foram liquidadas em menos de um segundo.

De acordo com a autoridade monetária, o crescimento mensal do volume de operações via Pix foi, em média, de cerca de 5%. "A maior parte das transações continua sendo entre pessoas, havendo potencial para expansão nos demais casos de uso", afirmou.