Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    56.847,25
    -2.017,91 (-3,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Lucro dos bancos deve voltar a patamar de R$120 bi em 2021, diz diretor do BC

Isabel Versiani
·1 minuto de leitura
Prédio do Banco Central em Brasília

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) - Depois de cair 26% em 2020 sobre o ano anterior, o lucro líquido dos bancos deve retomar os níveis pré-pandemia, acumulando resultado nominal em torno de 120 bilhões de reais, disse nesta terça-feira o diretor de Fiscalização do Banco Central, Paulo Souza.

"No cenário-base é plenamente possível que os bancos voltem a ter um lucro nominal na faixa de 120 bilhões (de reais) e, tendo em vista o aumento de capital que foi realizado ao longo dos últimos anos, é possível você voltar a ter uma rentabilidade na faixa entre 15% e 16%", disse Souza durante entrevista coletiva para comentar o mais recente relatório semestral de Estabilidade Financeira do BC.

O diretor destacou que a provisão feita pelos bancos em 2020 é suficiente para fazer frente aos riscos deste ano, mesmo com um cenário de crise.

Souza também disse esperar que a introdução do Pix gere reduções de despesas administrativas para os bancos que superem o impacto que o serviço terá sobre as receitas das instituições.