Lucro dos bancos caiu 31% no 3º trimestre, aponta BC

O lucro dos bancos brasileiros caiu 31% no terceiro trimestre de 2012 em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com informações entregues pelas instituições financeiras ao Banco Central. O lucro total dos quase 100 bancos com carteira comercial passou de R$ 17,512 bilhões entre julho e setembro de 2011 para R$ 12,063 bilhões no trimestre passado.

A queda dos juros impactou grande parte das receitas. O ganho com operações de crédito e arrendamento mercantil caiu 6%, de R$ 96,1 bilhões para R$ 90,7 bilhões na mesma comparação. A receita em operações com títulos e valores mobiliários recuou 27%, de R$ 50,5 bilhões para R$ 36,7 bilhões. Parte dessas perdas foi compensada pelo aumento na receita com prestação de serviços, que avançou 6%, para R$ 14,5 bilhões. A renda com tarifas bancárias cresceu 12%, para R$ 6,9 bilhões.

Entre os gastos, destaque para a queda de 33% nas despesas com captação de recursos no mercado, para R$ 54 bilhões. Houve também aumento de 13% na provisão para créditos em liquidação duvidosa, para R$ 23,7 bilhões. O número de bancos que registraram lucro caiu de 76 para 64. Os maiores resultados positivos foram do Itaú, de R$ 3,4 bilhões, e do Bradesco, de R$ 2,9 bilhões. Os maiores prejuízos foram do Votorantim (R$ 497 milhões) e do Panamericano (R$ 206 milhões). Os dois bancos têm como sócios o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, respectivamente. Em setembro deste ano, duas instituições financeiras apareciam com índice de Basileia abaixo de 11%, o português Banif (9,5%) e o BVA (5,2%). Este último está sob intervenção do BC desde outubro.

Carregando...