Mercado fechará em 1 h 9 min
  • BOVESPA

    109.334,31
    +1.955,39 (+1,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.712,11
    +444,91 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,99
    +1,93 (+4,48%)
     
  • OURO

    1.801,40
    -36,40 (-1,98%)
     
  • BTC-USD

    19.201,90
    +749,94 (+4,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    381,10
    +11,35 (+3,07%)
     
  • S&P500

    3.632,61
    +55,02 (+1,54%)
     
  • DOW JONES

    30.071,15
    +479,88 (+1,62%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.041,25
    +136,00 (+1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4058
    -0,0345 (-0,54%)
     

Lucro da Eneva recua 38% com contração na demanda por energia durante pandemia

·1 minuto de leitura
.
.

SÃO PAULO (Reuters) - A Eneva registrou lucro líquido de 55,6 milhões de reais no terceiro trimestre, queda de 38% em relação ao mesmo período do ano passado, com a companhia sendo afetada por redução nos despachos diante da contração da demanda por energia.

A geração de caixa medida pelo Ebitda da Eneva (excluindo poços secos) atingiu 288,3 milhões de reais, versus 334,4 milhões em igual período de 2019.

A companhia explicou que, apesar do segundo semestre do ano normalmente apresentar demanda por despacho termelétrico, os reservatórios de hidrelétricas estavam com volumes mais altos do que o usual por conta da expressiva redução no consumo diante dos impactos da pandemia.

A empresa disse ainda que, mesmo com um aumento na carga do terceiro trimestre, a demanda foi majoritariamente suprida por hidrelétricas.

(Por Roberto Samora)