Mercado fechado

Lucro do Banco Mercantil mais que dobrou em 2019

Álvaro Campos

O Banco Mercantil do Brasil registrou lucro líquido de R$ 121,4 milhões em 2019, uma alta de 127,3% na comparação com o ano anterior. O resultado bruto da intermediação financeira aumentou 14,4%, a R$ 1,392 bilhão.

A carteira de crédito do Mercantil atingiu R$ 4,870 bilhões, com queda de 13,8% na comparação anual. As receitas de prestação de serviços tiveram baixa de 0,5%, a R$ 272,2 milhões. Já as despesas administrativas e de pessoal subiram 12,0%, a R$ 1,067 bilhão.

“Vale destacar que a decisão de consolidar a sua atuação no varejo bancário e em capturar as oportunidades de ganhos de eficiência com a evolução tecnológica e a digitalização de processos permitiu a aceleração do ritmo de crescimento da base de clientes nos últimos anos, a execução do plano de revisão do posicionamento geográfico, a priorização de investimentos em negócios mais rentáveis, bem como a redução dos custos operacionais”, diz o relatório da administração.

Segundo o Mercantil, em 2019 foram realizados investimentos em melhorias de processos, novos aplicativos, digitalização, telecomunicações, equipamentos e softwares especialistas. Para 2020, as previsões de investimento são da ordem de R$ 80,0 milhões.

O Mercantil terminou o ano passado com 152 agências e 86 postos de atendimento. O número de clientes subiu para 2,4 milhões.