Mercado abrirá em 1 h 19 min

Luana Piovani sobre vídeo de Scooby com filho: "Se foi grave, MP virá"

Giselle de Almeida
·3 minutos de leitura
Luana Piovani com os filhos, Dom, Bem e Liz. Foto: reprodução/Instagram/luapio
Luana Piovani com os filhos, Dom, Bem e Liz. Foto: reprodução/Instagram/luapio

Um vídeo de Pedro Scooby com o filho mais velho, Dom, provocou a reação indignada de alguns internautas. Em seu canal do YouTube, o surfista mostra o menino receoso de dar um salto mortal em uma cama elástica e insiste para que a criança vença o medo. Respondendo a uma crítica de uma seguidora, Luana Piovani comentou o caso e relatou que pensa diferente do ex-marido e que não gosta de ver os vídeos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Nossa, Luana, eu vi o canal do Pedro e não gostei nada do episódio de hoje. Ele praticamente obriga Dom a dar um monte de voltas até conseguir dar um mortal. Até ele não aguentar mais ver que não pode e chora. Depois ainda briga com ele, como se ele fosse um adulto. Ele não vê que é apenas uma criança de 7 anos. Tadinho do Dom, a criança tem que ter o momento dela, não pode obrigar uma criança a fazer o que ela não quer. Se fosse eu, não permitiria isso”, alertou a seguidora.

Leia também

A atriz, então, respondeu: “Essa é uma das grandes divergências que temos. E eu me nego a assistir. Preciso conseguir conviver em paz com ele. Se o que ele fez foi grave, o MP [Ministério Público] virá nos procurar”.

No perfil de Scooby, algumas pessoas também protestaram contra a postura do surfista com o filho. “Por mais que a Luana seja uma chata, me coloquei no lugar dela agora. Às vezes, meu marido quer que meu filho supere uma expectativa que ele mesmo criou sobre a criança. Sendo que é um lugar para se divertir e apenas ser criança. O choro do Dom foi porque pra ele já tava bom, mas não conseguia se superar para agradar o pai”, escreveu uma seguidora.

O atleta rebateu a crítica e se justificou. “Não é, não! Tanto que minha expectativa era que ele fosse surfista! Como o sonho dele era ser skatista, eu continuo apoiando ele, fazendo o que eu puder para ajudar a realizar o sonho dele! E não importa o esporte ou profissão! Enquanto eu estiver aqui, vou dar apoio e suporte pra ele! Mas essa conversa foi muito mais que isso, foi pra vida dele! Ele tem que aprender a lidar com os medos e administrar isso de uma forma que não impossibilite de realizar os seus sonhos!”, apontou Scooby.

A outra pessoa, que ressaltou que Dom “precisava de um abraço”, o surfista disse que se sentou ao lado do filho para conversar. “Crio filho pro mundo, não pra mim, assim acredito que terá uma vida mais fácil! Como disse no Stories hoje, cada pai tem sua crianças e cada filho sua personalidade! Meu filho é doce, educado, amoroso, muito batalhador, dedicado e sempre que superou o medo, teve grande êxito! Acho que isso já responde muita coisa!”, resumiu.

Após a repercussão do caso, Scooby se pronunciou nos Stories do Instagram e direcionou sua mensagem aos “haters”. O surfista defendeu sua postura com Dom e reafirmou que queria incentivar o menino de 8 anos a perder o medo. “E a grande resposta dele para mim é, acho que praticamente todos os dias, ele falar: ‘Papai, você é o melhor pai do mundo’. Poucas pessoas, mas poucas mesmo, estão dispostas a passar por grandes sacrifícios para alcançar grandes feitos”, disse.