Mercado fechado

Isolada com Covid-19, Piovani elogia cuidado de Scooby com filhos: "Parceiro"

Giselle de Almeida
·2 minutos de leitura
Luana Piovani. Foto: reprodução/Instagram/luapio
Luana Piovani. Foto: reprodução/Instagram/luapio

Ainda isolada por conta da Covid-19, Luana Piovani elogiou a parceria do ex-marido, Pedro Scooby, durante sua recuperação da doença. A atriz fez um post nas redes sociais elogiando o apoio do surfista no cuidado com os três filhos, Dom, Bem e Liz.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

“Pedro merece toda a minha gratidão. O caos fica pior quando, além de afetar a você, ele esbarra em outros. Esse vírus impede meus miúdos de irem à escola, e o Pedro Scooby esteve fazendo a alegria deles em todos esses dias de gaiola. Agora, as crianças ficam com ele, e a gaiola diminui de peso”, escreveu a loura no Instagram.

Leia também:

Na foto em família, um registro do aniversário dos gêmeos Bem e Liz, Luana demonstrou sua gratidão: “Que bom poder tê-lo como parceiro e poder contar com você. Foi sempre tão almejado esse dia, e é hoje! Foto linda, dum momento lindo, com todas as pessoas especiais que me ajudam a cuidar dos meus anjos-sacis”.

Nos Stories, a atriz contou que o último exame para detecção do coronavírus deu positivo novamente. Nesse contexto, ela festejou poder circular pela casa.

“Vocês viram que estou em cenário novo? Estou aqui na minha cozinha. Imagina para mim o que não foi poder sair do meu quarto? Ufa! As crianças foram lá para o Pedro e agora eu tenho minha casa só para mim e aí eu posso sair da minha gaiolinha, que virou uma jaulinha. Sei que está todo mundo curioso para saber a história do resultado e vim aqui dizer que bom que pelo menos agora estou com uma jaula, não só com uma gaiola, porque deu positivo. Deu positivo e eu fico mais uma semana nessa gaiola”, disse.

Luana também ressaltou que a situação poderia ser pior: “No meio dessa angústia toda, a gente levanta as mãos para o céu e agradece. Porque tanta gente foi parar no hospital e eu estou aqui, ótima, como se nada tivesse acontecendo. Só esse vírus que está dando uma curtida no corpão e não está querendo arredar o pé”.