Mercado fechado

Lojas Americanas inicia road show para tentar captar US$ 350 mi no exterior

Ana Paula Ragazzi
·1 minuto de leitura

Operação tem como coordenadores globais a BofA Securities, o BTG Pactual e o Itaú BBA A Lojas Americanas inicia nesta quarta-feira um road show para a possível captação de recursos no mercado externo. A varejista aprovou, em reunião de seu conselho de administração, a emissão de US$ 350 milhões em papéis de dez anos. A empresa decidirá ou não por uma emissão de títulos de dívida em dólares dependendo das condições de demanda que encontrar no mercado. Lojas Americanas Reprodução / Facebook Conforme a ata da reunião de conselho, a companhia avalia que a operação no mercado internacional de dívida, “após a construção de um histórico de mais de 15 anos no mercado local, tem por objetivo acessar uma nova fonte de recursos, com prazos maiores, alongando o perfil do endividamento da companhia”. A operação da Lojas Americanas tem como coordenadores globais a BofA Securities, o BTG Pactual e o Itaú BBA. De acordo com informações de mercado, a varejista acessou o mercado de dívida internacional em meados da década de 1990. O bond, de US$ 150 milhões, venceu em 2004 e desde então a varejista não acessava o mercado internacional.