Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.672,76
    -3.755,42 (-3,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.402,73
    -283,30 (-0,54%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,05
    +0,09 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.769,70
    -0,80 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    64.163,30
    +2.437,06 (+3,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.481,22
    +17,87 (+1,22%)
     
  • S&P500

    4.519,63
    +33,17 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    35.457,31
    +198,70 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.217,53
    +13,70 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.402,00
    +3,50 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5081
    +0,1166 (+1,82%)
     

Log-In chega a disparar mais de 50% após proposta da MSC

·2 minuto de leitura

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Log-In chegaram a disparar mais de 50% nesta quinta-feira, após proposta do grupo marítimo suíço MSC para adquirir o controle de até 67% da empresa brasileira de logística a 25 reais por ação.

Às 10:43, os papéis avançavam 37,19%, a 20,51 reais, tendo chegado a 22,50 reais na máxima até o momento (+50,5%), maior patamar intradia desde fevereiro de 2020. Era a maior alta do índice Small Caps, que cedia 0,2%.

A proposta da MSC, que avalia a Log-In em 2,65 bilhões de reais, contempla a aquisição de no mínimo 62% e no máximo 67% do total de ações emitidas e em circulação da Log-In, e será feita por meio de uma oferta pública.

A MSC já pediu autorização ao Cade para tal operação.

"Temos uma visão positiva da notícia devido ao grande prêmio em relação à ação e ao preço-alvo implícito na transação, bem como nossa postura construtiva sobre a aprovação do negócio pelo Cade", afirmaram analistas do Itaú BBA em relatório a clientes.

Thais Cascello e equipe ainda destacaram que a concorrente da Log-In, a Aliança, pertencente à Maersk, é o maior grupo de cabotagem do país e que a Mercosul Line, pertencente à CMA CGM, é a terceira empresa do setor.

"Como a MSC concorre com a Maersk e a CMA CGM no negócio de transporte marítimo de longa distância, vemos isso como um movimento coerente no espaço da cabotagem brasileira."

A equipe do Itaú BBA também disse que mantém a recomendação "outperform" para as ações, bem como o preço-alvo de 22 reais por papel por enquanto, mas enxergando espaço para uma revisão para cima de suas projeções.

Os analistas acrescentaram que a Log-In implementou várias iniciativas para estimular uma recuperação, incluindo um aumento de capital no final de 2019 que a colocou em uma posição financeira confortável.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos