Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,65
    +0,60 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.784,10
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    50.553,22
    +284,52 (+0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.320,56
    +15,44 (+1,18%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.382,50
    +64,50 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2821
    -0,0576 (-0,91%)
     

Lockdowns na Europa elevam demanda por ações do ‘fique em casa’

·1 min de leitura

(Bloomberg) -- A perspectiva de lockdowns na Europa aumenta o apelo de ações de empresas que se beneficiam de restrições relacionadas à pandemia destinadas a limitar novos casos de Covid-19.

Most Read from Bloomberg

As ações da fabricante de kits de refeição HelloFresh, da empresa de entrega de comida Just Eat Takeaway.com e da fabricante de hardware de computador Logitech International estavam entre os papéis com maior demanda depois de a Alemanha não descartar um novo lockdown. Na Áustria, o governo decretou lockdown nacional a partir da semana que vem em medida anunciada pelo chanceler Alexander Schallenberg na sexta-feira.

“Com os casos de Covid aumentando em países como Alemanha, França e Portugal, existe o temor de que o anúncio de hoje seja um indicativo da posição de outras nações europeias dentro de duas a três semanas”, disse Joshua Mahony, analista de mercado sênior do IG Group, em comentários por e-mail.

Por outro lado, ações de empresas que ganham com a reabertura das economias, como do setor de viagens, recuavam. A TUI, a International Consolidated Airlines Group, controladora da British Airways, e a Deutsche Lufthansa também mostravam perdas.

Ações do segmento “fique em casa” perderam terreno este ano, uma vez que a distribuição de vacinas levou governos a relaxarem as restrições, enquanto o aumento do rendimento dos títulos também pesou sobre papéis de tecnologia muito caros que deram um salto em 2020.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos