Lobão diz que térmicas podem suprir demanda por energia

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse nesta quarta-feira que o governo colocará as usinas termelétricas em funcionamento sempre que for identificada a necessidade de seu uso. "O regime brasileiro é hidrotérmico, despachamos as térmicas que forem necessárias. Temos ainda diversas térmicas que poderemos despachar se houver necessidade futura, mas acho que não terá", afirmou durante entrevista coletiva.

Segundo o presidente do Operador Nacional do Sistema, Hermes Chipp, é possível agregar, até o fim de abril, mais 3.000 MW de térmicas. Isso será feito, de acordo com ele, enquanto chuvas não chegarem de forma mais forte. "A previsão é de chuva na média região sul, sudeste e norte", citou. Já no Nordeste, de acordo com ele, a previsão é de chuva abaixo da media até o fim de abril.

Lobão acrescentou que, novos 8.500 megawatts devem ser incorporados ao sistema em 2013. "Jirau e Santo Antônio têm turbinas que começarão a funcionar este ano. Todo mês novas turbinas entram em operação", afirmou.

Carregando...