Mercado fechado

Lloyd’s of London pressiona por contratação de minorias étnicas

·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O Lloyd’s of London, maior mercado de seguros do mundo, tem incentivado o setor a aumentar a diversidade com novas metas mais rigorosas para contratações e divulgação entre seus membros.

Most Read from Bloomberg

Minorias étnicas devem responder por um terço das novas contratações, disse a empresa às seguradoras e mais de 300 corretoras que usam seu mercado. Também precisarão coletar dados étnicos da equipe deste ano para ajudar o Lloyd’s a acompanhar o progresso, segundo comunicado na sexta-feira.

A histórica instituição intensificou seu foco na diversidade em resposta ao movimento Black Lives Matter e depois de uma investigação da Bloomberg sobre assédio sexual e comportamento rude na bolsa, disse o CEO John Neal em entrevista. Atualmente, cerca de 8% dos funcionários de empresas que fazem parte do mercado representam minorias étnicas em comparação com 22% nos escritórios do Lloyd’s.

“Queríamos estar à frente da curva em termos de nossos relatórios”, disse Neal. “Se você não for inclusivo, não terá discussões e pensamentos inclusivos no negócio, e acho que isso é uma ameaça ao tecido empresarial”.

O programa do Lloyd’s é mais uma iniciativa de empresas da City de Londres para revisar políticas de contratação e aumentar a diversidade da força de trabalho. Muito desse esforço por enquanto tem se concentrado em aumentar a representação de mulheres onde a coleta de dados é mais fácil, incluindo uma meta apoiada pelo governo para que conselhos de empresas de capital aberto tenham pelo menos um terço de mulheres.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos