Mercado abrirá em 8 h 51 min
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,23
    +0,62 (+0,72%)
     
  • OURO

    1.797,20
    +4,10 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    37.107,20
    +987,99 (+2,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    839,58
    +20,07 (+2,45%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    +84,53 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    23.672,32
    -134,68 (-0,57%)
     
  • NIKKEI

    26.720,06
    +549,76 (+2,10%)
     
  • NASDAQ

    14.170,00
    +183,25 (+1,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0554
    +0,0314 (+0,52%)
     

Livro 'Ciência no cotidiano' ganha Prêmio Jabuti na categoria 'Não Ficção – Ciências'

·2 min de leitura

RIO — O livro "Ciência no cotidiano: Viva a razão, abaixo a ignorância!" (editora Contexto) ganhou o Prêmio Jabuti na categoria “Não Ficção – Ciências”. Escrito pela microbiologista Natalia Pasternak, colunista do O Globo, e seu marido, o jornalista Carlos Orsi, a obra evidencia como a ciência pode ser observada no dia a dia, em situações corriqueiras.

— Foi um lindo reconhecimento do nosso trabalho como comunicadores da ciência. Durante a pandemia, a ciência ficou em destaque e a sociedade percebeu o quanto essa comunicação clara de como a ciência é feita afeta o nosso cotidiano. Conhecer a ciência faz com que as pessoas tomem boas decisões — afirma Pasternak, que é presidente do Instituto Questão de Ciência (IQC).

O Prêmio Jabuti é um dos mais prestigiados da literatura brasileira. "Ciência no cotidiano" disputou o prêmio com outros quatro livros: "Engenheiros para Quê?: Formação e Profissão do Engenheiro no Brasil"; "Guia do pesquisador iniciante : prepare-se para ser um bom pesquisador conhecendo o meio científico"; "Pacientes que curam"; e "Psicologia social do preconceito e do racismo".

O livro faz uma introdução ao mundo da ciência, explicando conceitos muitas vezes complexos de forma simples e exemplificando com situações comuns do cotidiano dos brasileiros. Nele, é possível entender como as bactérias podem fazer bem para o nosso corpo, se é saudável ou não comer alimentos geneticamente modificados — os famosos transgênicos —, e quais são as chances de apostar na loteria e ganhar.

— O livro mostra justamente a ciência no cotidiano de uma forma clara e didática. Podemos dizer que a obra funciona como uma vacina, uma proteção contra a desinformação. Quando você sabe como são feitas as descobertas científicas, os processos pelos quais elas passaram, os caminhos que a ciência percorre, você consegue perceber que há algo de errado quando a desinformação chega. Ou seja, deixa de ser presa fácil das fake news — argumenta Pasternak.

"Ciência no cotidiano: Viva a razão, abaixo a ignorância!" foi lançado em 2020, no início da pandemia. Pasternak e Orsi escreveram também o livro “Contra a realidade” (editora Papirus 7 Mares). A obra é classificada pela autora como uma leitura mais "pesada" já que trata diretamente do negacionismo contra a ciência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos