Mercado fechará em 5 h 14 min
  • BOVESPA

    121.699,15
    -1.877,41 (-1,52%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.205,35
    -428,56 (-0,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,83
    -1,73 (-2,45%)
     
  • OURO

    1.814,50
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    39.019,00
    +491,10 (+1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    958,81
    +32,05 (+3,46%)
     
  • S&P500

    4.411,34
    -11,81 (-0,27%)
     
  • DOW JONES

    34.940,86
    -175,54 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.128,53
    +22,81 (+0,32%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.032,25
    -14,00 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1838
    +0,0183 (+0,30%)
     

‘Live Wire One’: Harley-Davidson lança moto elétrica renovada e com preço mais baixo

·1 minuto de leitura
‘Live Wire One’: Harley-Davidson lança moto elétrica renovada e com preço mais baixo
‘Live Wire One’: Harley-Davidson lança moto elétrica renovada e com preço mais baixo

A segunda chance da Harley-Davidson de tentar dominar o setor de motos elétricas finalmente chegou. A clássica marca lançou a LiveWire One nesta quinta-feira. O veículo chega com um preço mais acessível, porém divide opiniões entre os fãs e a imprensa, que apontam se ainda é possível chamar essa versão atualizada de “Harley”.

Isso por conta de dois fatores: o primeiro foi a decisão da Harley-Davidson de desmembrar a divisão de motocicletas elétricas em uma submarca, também chamada de LiveWire. A ideia é fazer com que de pouco a pouco os clientes fiéis da fabricante, que ainda preferem motos à combustão, “se acostumassem com a ideia”.

O segundo ponto é o design mais moderno do veículos. Entusiastas mais conservadores em relação à eletrificação apontaram nas redes sociais que a moto “é bonita, mas não é uma Harley”.

De qualquer forma, a LiveWire One se parece muito com a “antiga” LiveWire, só que tem nova pintura e logotipo. E mais: a moto elétrica oferece cerca de 240 quilômetros de autonomia e pode ser carregada rapidamente de 0 a 100% em 60 minutos, o que a torna muito fácil de usar no dia a dia.

O que mudou foi o preço. Antes, custava quase 30 mil dólares, mas a LiveWire One tem o preço oficial de 22 mil dólares, cerca de 115 mil reais. Ainda não se pode chamar isso de “preço popular”, mas é um indicativo de que os custos devem continuar caindo.

A moto elétrica deve chegar por aqui no ano que vem.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos