Mercado abrirá em 7 h 25 min
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,33
    +0,62 (+0,81%)
     
  • OURO

    1.638,30
    +4,90 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    20.040,34
    +1.257,63 (+6,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    458,56
    +25,46 (+5,88%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.685,14
    -170,00 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    26.560,81
    +129,26 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    11.393,00
    +76,75 (+0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1954
    +0,0160 (+0,31%)
     

Lisca pede demissão e não é mais técnico do América-MG

·1 min de leitura
RJ - Rio de Janeiro - 13/06/2021 - BRASILEIRO A 2021, FLAMENGO X AMERICA-MG - Lisca tecnico do America-MG durante partida contra o Flamengo no estadio Maracana pelo campeonato Brasileiro A 2021. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF (Thiago Ribeiro/AGIF)

Lisca não é mais técnico do América-MG. O treinador pediu demissão nesta segunda-feira 14 de junho, após entrar em acordo com a diretoria do Coelho. Lisca deixa o comando do América sem pontuar no Brasileirão, com três derrotas em três jogos e está há sete jogos sem vencer, incluindo as finais do Campeonato Mineiro e os duelos contra o Criciúma, que eliminou os mineiros na competição nacional.

O clube havia marcado uma coletiva com o treinador e o coordenador de futebol, Marcus Salum, para a tarde desta segunda-feira, porém, ela não ocorreu, pois deveria ser para oficializar a saída do treinador.

Leia também:

Além de Lisca, devem deixar o Coelho, seu irmão e auxiliar Jorge de Lorenzi, o auxiliar técnico Márcio Hahn e o diretor de futebol, Armando Desessards, que havia sido indicado pelo treinador, com quem trabalhou no Ceará e estava com seu trabalho contestado pela torcida e internamente.

Além dos maus resultados, a falta de reforços pedidos pelo técnico, que desejava 10 atletas para aumentar o nível do elenco americano, não vieram, deixando Lisca incomodado com a possibilidade de não poder fazer uma campanha digna com o Coelho na Série A.

Lisca chegou ao América-MG em 30 de janeiro de 2020 e tinha o trabalho mais longo da elite do futebol brasileiro, ficando à frente do Coelho em 81 jogos, com 40 vitórias, 27 empates e 14 derrotas conseguindo aproveitamento de 60,4%), levando o time mineiro de volta à primeira divisão nacional e às semifinais da Copa do Brasil.

O destino de Lisca pode ser o Internacional, que está em busca de um técnico após demitir Miguel Ángel Ramírez.