Mercado fechará em 55 mins
  • BOVESPA

    109.804,31
    +1.790,84 (+1,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.810,53
    -12,70 (-0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,12
    +0,16 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.843,00
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    43.030,52
    +920,79 (+2,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.023,67
    +28,41 (+2,85%)
     
  • S&P500

    4.572,80
    +40,04 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    35.278,05
    +249,40 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    15.239,75
    +206,25 (+1,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1147
    -0,0527 (-0,85%)
     

Lira turca oscila com força com intervenção de BC e fala de presidente

·2 min de leitura
Notas de lira turca em casa de câmbio de Ancara

Por Tuvan Gumrukcu e Ezgi Erkoyun

ISTAMBUL (Reuters) - A lira turca flutuava acentuadamente perto de uma nova mínima recorde nesta quarta-feira, depois de o banco central dizer que interveio no mercado devido a preços "não saudáveis", enquanto o presidente Tayyip Erdogan intensificou sua estratégia pré-eleição de fortes cortes de juros.

As negociações voláteis em meio à baixa liquidez se deram depois que a moeda registrou em novembro seu segundo pior mês da história, pressionada pela defesa de Erdogan de forte afrouxamento monetário apesar da inflação e das críticas generalizadas.

O banco central, que Erdogan reformou e pressionou este ano, disse em comunicado que interveio "diretamente" no mercado "através de transações de venda devido a formação não saudável de preço nas taxas de câmbio".

A lira, que mais cedo chegou a enfraquecer a 13,87 por dólar, se recuperou a 12,42, um rali de mais de 8% no dia. Mais tarde o movimento perdeu força e a lira estava em 13,25.

A lira caiu para mínima recorde de 14,0 por dólar na terça-feira, depois que Erdogan defendeu sua política econômica e com o dólar se beneficiando de comentários "hawkish" (inclinados a aperto monetário) do Federal Reserve.

Então, pela sexta vez em duas semanas, Erdogan afirmou seu compromisso com juros baixos novamente em discurso nesta quarta-feira, dizendo aos turcos para agirem com razão e evitar o pânico, além de prometer resolver a inflação rapidamente.

"A Turquia abandonou a política monetária baseada em juros altos que fez com que vários países em desenvolvimento permanecessem estagnados", disse a ele a parlamentares de seu Partido AK.

"Em vez disso, passamos para uma estratégia de crescimento buscando investimentos, emprego, produção e exportações", completou. "Juros são um mal que tornam os ricos mais ricos e os pobres mais pobres."

(Reportagem adicional de Ece Toksabay e Rodrigo Campos em Nova York)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos