Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -0,21 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    24.325,39
    -171,12 (-0,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Linktree lança app para facilitar criação de links de qualquer lugar

A Linktree lançou o seu novo aplicativo para iOS e Android com acesso direto ao serviço nesta terça-feira (12). O programa vai facilitar a criação e gestão de múltiplos links, além de permitir a personalização do design, adicionar fotos e outras funcionalidades.

O serviço é um dos agregadores de links mais utilizados em rede sociais, principalmente no Instagram e TikTok, já que ambos só possuem um único espaço na descrição do perfil. Antes, era necessário abrir o site do Linktree em um navegador para editá-lo, o que era pouco útil para quem usa apenas celular.

Você pode organizar links e customizar a página pelo app do Linktree (Imagem: Reprodução/Linktree)
Você pode organizar links e customizar a página pelo app do Linktree (Imagem: Reprodução/Linktree)

Além da tradicional árvore de links, as pessoas poderão incorporar músicas do Spotify ao perfil. Planos de fundo personalizados, estilos de botão, fontes e cores poderão ser ajustadas pelo app de modo muito mais rápido. Outra vantagem é o acesso direto as métricas sobre tráfego (quantas pessoas abriram a página) e conversão (quantos clicaram nos links), assim fica mais fácil rastrear vendas, facilitar pagamentos ou entender o comportamento do seu público.

Segundo a companhia, a maioria dos acessos ao Linktree ocorriam a partir de dispositivos móveis, por isso surgiu a necessidade do app para celulares e tablets. “Os usuários do Linktree poderão configurar e gerenciar seus perfis em qualquer lugar, tudo a partir de seus dispositivos móveis — essencialmente tornando os processos mais rápidos e fáceis para indivíduos ocupados, para que possam se concentrar mais na criação de conteúdo e no que fazem de melhor", ressaltou o CEO e cofundador da Linktree, Alex Zaccaria, em entrevista ao site TechCrunch.

Mais do que apenas links

A batalha a partir de agora é para deixar de ser apenas um serviço usado para quem precisa ter "links na bio". O Linktree tem planos premium para quem exige mais recursos, mas a verdade é que pouca gente se dispõe a pagar por algo gratuito.

A empresa conseguiu arrecadar US$ 100 milhões em março de investidores e assim elevou seu valor de mercado para cerca de US$ 1,3 bilhão. Recentemente, o serviço mudou a logomarca para marcar o início de uma nova era. É necessário criar um fluxo de receita mensal para tirar proveito de 1,2 bilhão de visitantes únicos mensais.

No mês passado, a empresa lançou um marketplace para ajudar quem precisa vender na internet. Foi lançado também o Link Apps, recurso que incorpora experiências e serviços digitais de parceiros para os visitantes, como galerias de NFTs, lançamento de jogos, serviços de streaming de músicas, páginas de mídias sociais e outras vantagens associadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos