Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.634,82
    +105,85 (+0,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,88
    -0,79 (-1,26%)
     
  • OURO

    1.794,40
    +16,00 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    56.039,29
    +516,06 (+0,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.290,08
    +27,12 (+2,15%)
     
  • S&P500

    4.158,17
    +23,23 (+0,56%)
     
  • DOW JONES

    34.013,15
    +191,85 (+0,57%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.852,00
    +57,75 (+0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7022
    -0,0003 (-0,00%)
     

LinkedIn quer criar seu próprio Clubhouse e já tem ideias para isso

Felipe Ribeiro
·1 minuto de leitura

O lançamento do Clubhouse fez algumas gigantes da tecnologia se mexerem em busca de criar um produto que pudesse competir com a rede social de áudio. A bola da vez entre essas empresas é a revelação de que o LinkedIn pretente criar algo parecido, mas dentro de suas diretrizes e público alvo, notadamente direcionada ao mundo corporativo.

Por meio de um comunicado, a rede social profissional disse que está em fase de "testes iniciais" para criar uma experiência de áudio conectada à sua identidade. A explicação é que será uma tentativa de garantir um lugar na categoria de áudio social, que não para de crescer e está sendo puxada, claro, pelo Clubhouse.

"Estamos estudando como podemos levar áudio para outras partes do LinkedIn, como eventos e grupos, para dar aos nossos membros ainda mais maneiras de se conectar à comunidade", disse Suzi Owens, porta-voz do LinkedIn, que também trabalha na implementação de conteúdos em vídeo na plataforma, o que deve torná-la ainda mais completa.

Clubhouse fez com que outras gigantes das redes sociais se mexessem/ Imagem: Unsplash / Dmitry Mashkin
Clubhouse fez com que outras gigantes das redes sociais se mexessem/ Imagem: Unsplash / Dmitry Mashkin

A ideia do LinkedIn com seu "Clubhouse corporativo" é de, eventualmente, criar ambientes como palestras online, webinares e outros tipos de socialização em mídia.

Empresas como o Twitter, Spotify e até o Slack já estão trabalhando em suas versões próprias do Clubhouse.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: