Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.146,01
    +195,17 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Linha Redmi Note 11 ganha teaser e deve ser anunciada em outubro

·2 minuto de leitura

Após os primeiros rumores da sua existência, a linha Redmi Note 11 poderá ser anunciada em breve. A atual geração foi representada por modelos com câmeras de muitos megapixels, telas com alta taxa de atualização, AMOLED, carregamento rápido e até 5G. E ainda em outubro a Xiaomi poderá mostrar as próximas atualizações para a família de intermediários.

O executivo-chefe da Redmi, Lu Weibing, publicou na rede social chinesa Weibo o que vem sendo interpretado como um teaser do Redmi Note 11. E dificilmente não é essa a mensagem que ele tenta passar: o executivo anexou uma foto de quando o Redmi Note 10 foi anunciado, declarando que “outubro será um mês bem movimentado” — sugerindo anúncios.

(Imagem: Reprodução/Gizmochina/Weibo)
(Imagem: Reprodução/Gizmochina/Weibo)

A publicação não faria sentido para preparar os usuários para anúncios de outra linha que não fosse a Redmi — ainda mais com a fotografia do evento da linha Note 10. Ainda são poucos os vazamentos para os novos produtos, mas ao menos um modelo avançado deverá contar com carregamento rápido de 120 W. Atualmente apenas os Mi 10 Ultra, 11T Pro e Mix 4 alcançam essa velocidade dentro do portfólio da marca.

Versões mais simples, porém, poderão conservar carregamento competente: se considerarmos que não haverá retrocessos em relação aos modelos do Redmi Note 10, pode-se esperar pelo menos 33 W nas versões mais baratas do Redmi Note 11 e 67 W em modelos intermediários.

Vale lembrar, o mercado de semicondutores está passando por uma crise que tem afetado estoques de todas as fabricantes. Esse seria o motivo, por exemplo, pelo qual a Samsung estaria adiando por tanto tempo o Galaxy S21 FE. Para a família Redmi Note 11, isso poderá se traduzir em estoques não tão generosos em relação à atual geração.

A linha, porém, tem grandes chances de desembarcar oficialmente no Brasil. A Xiaomi trouxe uma boa variedade de modelos Redmi Note 10, e esse é um bom indicativo para a presença dos novos celulares por aqui. A chinesa vem expandindo sua atuação com a abertura de novas lojas físicas, e recentemente apresentou o Xiaomi Pad 5 nacionalmente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos