Mercado fechará em 1 h 3 min
  • BOVESPA

    108.774,23
    +837,12 (+0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.505,86
    -384,73 (-0,76%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,02
    +1,71 (+2,05%)
     
  • OURO

    1.849,70
    +8,00 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    37.207,82
    +1.781,28 (+5,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    846,71
    +26,12 (+3,18%)
     
  • S&P500

    4.319,60
    -90,53 (-2,05%)
     
  • DOW JONES

    33.947,87
    -416,63 (-1,21%)
     
  • FTSE

    7.371,46
    +74,31 (+1,02%)
     
  • HANG SENG

    24.243,61
    -412,85 (-1,67%)
     
  • NIKKEI

    27.131,34
    -457,03 (-1,66%)
     
  • NASDAQ

    14.064,00
    -437,00 (-3,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1608
    -0,0679 (-1,09%)
     

Linha AMD Ryzen 7000 trará RAMP, recurso de overclock automático de RAM

·3 min de leitura

Grande promessa da AMD para este ano, os processadores Ryzen 7000 acabam de ter mais um recurso desenvolvido para turbinar a performance confirmado — o AMD Ryzen Accelerated Memory Profile, ou RAMP. Muito similar ao XMP 3.0 da Intel, a novidade teve a existência entregue por uma ferramenta de diagnóstico de hardware que já recebeu suporte preliminar ao recurso, indicando o estágio avançado de desenvolvimento em que as CPUs se encontram

Ryzen 7000 estreará AMD RAMP

O RAMP surgiu entre as notas de atualizações da versão 7.17 Beta do HWiNFO, famoso software que coleta o máximo de informações do hardware, como um update preliminar. Ao notar isso, o site ComputerBase entrou em contato com um dos desenvolvedores da ferramenta, que confirmou a existência e alguns detalhes do novo recurso.

Desenvolvido com as memórias DDR5 em mente, o Ryzen Accelerated Memory Profile é a nova versão proprietária da AMD da função integrada às BIOS das placas-mãe que analisa os módulos de RAM instalados e os leva a velocidades acima das certificadas pela JEDEC, realizando assim um overclock automático para a frequência mais alta e estável possível.

Em seu último update Beta, o HWiNFO confirmou a existência e recebeu suporte preliminar ao AMD RAMP (Imagem: Reprodução/ComputerBase)
Em seu último update Beta, o HWiNFO confirmou a existência e recebeu suporte preliminar ao AMD RAMP (Imagem: Reprodução/ComputerBase)

A tecnologia funciona de maneira basicamente similar ao eXtreme Memory Profile (XMP) da Intel, e já teve versões anteriores na forma do A-XMP e do AMP (AMD Memory Profile), mas representa um passo importante para a AMD. Isso porque, considerando que as plataformas com chips Ryzen também suportam o XMP, os padrões anteriores desenvolvidos pelo time vermelho tiveram baixíssima adoção por parte das fabricantes parceiras, que optaram por utilizar soluções próprias.

O AMD RAMP quer mudar esse cenário, apesar de não se saber ainda como e o que exatamente a empresa fará de diferente para que haja maior aplicação da funcionalidade. Especula-se que a compatibilidade com o XMP 3.0 e um programa mais robusto de certificação de módulos possam estar entre as medidas. Outro detalhe importante é o foco nas memórias DDR5, que indica que o RAMP será lançado junto aos chips Ryzen 7000.

Chips serão primeiros com arquitetura Zen 4

Confirmada durante a conferência da AMD na CES 2022, a família Ryzen 7000 promete ser um marco para a empresa ao adotar inúmeras novas tecnologias e proporcionar um enorme salto de desempenho entre gerações, visto pela última vez na estreia da microarquitetura Zen 2.

Além da litografia de 5 nm da TSMC e da microarquitetura Zen 4, os componentes estrearão o soquete AM5, primeira mudança desde o lançamento da primeira geração Ryzen, e receberão suporte a tecnologias como barramento PCIe 5.0 e as próprias memórias DDR5, com o recurso RAMP, como agora se sabe.

Com memórias DDR5, barramento PCIe 5.0 e novos núcleos Zen 4 em 5 nm, a família Ryzen 7000 está prevista para chegar na segunda metade de 2022 (Imagem: Reprodução/AMD)
Com memórias DDR5, barramento PCIe 5.0 e novos núcleos Zen 4 em 5 nm, a família Ryzen 7000 está prevista para chegar na segunda metade de 2022 (Imagem: Reprodução/AMD)

Ainda no decorrer da conferência, uma unidade de testes de um dos modelos da linha chegou a ser exibido rodando Halo Infinite, mantendo taxas de quadro suaves e, segundo a CEO Dra. Lisa Su, com clocks de 5 GHz em todos os núcleos. Os chips Ryzen 7000 estão previstos para estrear no final de 2022, possivelmente entre setembro e outubro, caso a companhia mantenha o cronograma das gerações passadas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos