Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,65
    +0,60 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.784,10
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    50.574,28
    +166,40 (+0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.320,56
    +15,44 (+1,18%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    23.996,87
    +13,21 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    28.860,62
    +405,02 (+1,42%)
     
  • NASDAQ

    16.382,50
    +64,50 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2760
    -0,0637 (-1,00%)
     

Linha AMD EPYC Turin com Zen 5 pode chegar a 256 núcleos e 600 W de consumo

·3 min de leitura

Junto aos avanços da família Ryzen em desktops de consumidores, a AMD conseguiu fortalecer exponencialmente sua presença no segmento de servidores com a chegada dos processadores EPYC, hoje atendendo a gigantes como o Google. As soluções da empresa se mostraram mais eficientes e trouxeram contagens expressivas de núcleos por chip, dois pontos essenciais para máquinas da categoria.

Às vésperas de termos mais detalhes da quarta geração de chips EPYC Genoa, baseados na microarquitetura Zen 4, e da muito especulada linha Milan-X, com tecnologia de cache empilhado, em um evento recentemente anunciado pela AMD, detalhes da quinta geração já começaram a surgir. Ao que parece, as CPUs da família EPYC Turin podem marcar um enorme salto de desempenho.

EPYC Turin pode chegar a 256 núcleos e 512 threads com TDP de 600W

Segundo informações dos leakers ExecutableFix e Greymon55, ambos com bom histórico de vazamentos, a família EPYC Turin pode extrapolar os limites atuais dos processadores de maneira significativa, ao oferecer quantidades monstruosas de núcleos. O destaque vai para os dois modelos mais potentes, que trariam 192 núcleos e 384 threads, e 256 núcleos e 512 threads.

Os números impressionam quando consideramos que o atual topo de linha da família EPYC traz "apenas" 64 núcleos e 128 threads, o que significaria um aumento de quatro vezes na contagem de núcleos em apenas duas gerações. Os chips Turin também aumentariam a performance por núcleo de maneira significativa, ao utilizarem a ainda não anunciada microarquitetura Zen 5.

Como consequência, o consumo estimado dos chips poderiam atingir incríveis 600 W — o que, na verdade, é muito pouco quando analisamos o cenário atual das CPUs para servidores. Tomando como exemplo o EPYC 7713P, de 64 núcleos, temos um TDP de 280 W, o que representa 4,37 W por núcleo. O novo EPYC Turin de 256 núcleos, com TDP de 600 W, estaria consumindo apenas 2,34 W por núcleo.

Ao passarmos para porcentagens, temos um cenário ainda mais animador: os EPYC Turin aumentam a contagem de núcleos em até 300%, mas consumindo apenas 115% a mais. Além disso, a redução de consumo por núcleo atinge nada menos que 86%.

O topo de linha da família EPYC Turin poderia consumir 86% menos energia por núcleo, oferecendo uma contagem de núcleos 300% maior (Imagem: Divulgação/AMD)
O topo de linha da família EPYC Turin poderia consumir 86% menos energia por núcleo, oferecendo uma contagem de núcleos 300% maior (Imagem: Divulgação/AMD)

O rumor também se alinha com a recém-anunciada Iniciativa 30x25, pela qual a AMD se comprometeu a aumentar em 30 vezes a eficiência dos processadores EPYC até 2025. Ainda que a redução de 86% passe longe da promessa, trata-se de um número muito respeitável e ainda bastante impressionante, que pode ser apenas um começo.

5ª geração de processadores para servidores ainda deve demorar

Apesar de termos rumores empolgantes, ainda é cedo para saber o que a AMD está preparando para a 5ª geração EPYC Turin — a empresa ainda tem roadmaps vagos após a família EPYC Genoa de 4ª geração, prevista para estrear no final de 2022. A gigante ainda deve focar nos chips Genoa e, antes disso, na família Milan-X.

Novidades de ambas serão anunciadas na próxima segunda-feira, 8 de novembro, em evento dedicado ao segmento de servidores com a participação da CEO, Dra. Lisa Su, e dos vice-presidentes de negócios de data centers e servidores Dan McNamara e Forrest Norrod. Curiosamente, especula-se que o time vermelho possa trazer também algumas novidades da família Turin.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos