Mercado abrirá em 48 mins
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,60
    +1,11 (+1,57%)
     
  • OURO

    1.773,30
    -4,90 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    42.029,54
    -1.420,00 (-3,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.046,07
    -17,78 (-1,67%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.067,45
    +86,47 (+1,24%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.066,75
    +42,75 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1681
    -0,0110 (-0,18%)
     

Linguagens Java e Python lideram procura em plataforma gratuita de capacitação

·2 minuto de leitura

Interessados em programação procuram, com muita frequência, as linguagens Java e Python. Não à toa, elas são as mais populares no site Eu Capacito: a lista de cursos mais acessados em julho tem Java em primeiro lugar e Python em segundo. O curso Venha programar em Java é uma introdução para quem quer começar a programar nessa linguagem.

A plataforma, fundada em 2020, agrega mais de 100 cursos divididos em quatro temas: fluência digital, tecnologia, soft skills e empreendedorismo. Já tem mais de 160 mil matrículas.

Criado pelo Movimento Brasil Digital, o Eu Capacito é um projeto social liderado pelo Instituto IT Mídia. Seu objetivo é formar profissionais para a economia digital. As capacitações são gratuitas e buscam desenvolver habilidades de tecnologia nos aspectos conceitual, técnico ou ferramental, bem como outras capacidades importantes para a vida corporativa ou o empreendedorismo.

Imagem: Reprodução/Unsplash/Adam Nowakowsk
Imagem: Reprodução/Unsplash/Adam Nowakowsk

Outro curso em destaque é o de Segurança Cibernética. O profissional com essa formação é responsável por proteger informações armazenadas digitalmente nas empresas e é cada vez mais necessário. Basta lembrar que, apenas no ano passado, a quantidade de ataques cibernéticos foi maior do que a dos últimos 15 anos somados.

Veja, a seguir, quais foram os cursos mais populares em julho:

1 – Venha programar em Java

Primeiro da lista, o curso tem carga horária de 6 horas e é oferecido pela Oracle.

2 – Python

Com carga horária de 80 horas, o segundo colocado é liderado pela Faculdade de Informática e Administração Paulista (Fiap). Oferece certificado.

3 – User Experience (UX)

Nesse curso, os interessados aprendem os conteúdos introdutórios têm a possibilidade de criar protótipos. A responsável é a Fiap.

Imagem: Reprodução/Envato/LightFieldStudios
Imagem: Reprodução/Envato/LightFieldStudios

4 – Segurança cibernética

Esses especialistas são cada vez mais valorizados. O curso é da IBM.

5 – Business Intelligence (BI)

Mais uma formação da Fiap: profissionais dessa área estruturam dados com modelagem dimensional.

6 – Dê seus primeiros passos com o Python

Outra aparição da linguagem Python nesta lista. Criado pela Microsoft, o curso é introdutório para quem quer entender um pouco mais sobre essa linguagem.

7 – Customer Experience Management

Com 40 horas de conteúdo, essa capacitação da Fiap desvenda a jornada do cliente, o conceito de omnichannel, o CRM e o neuromarketing.

8 – Como falar em público

Em uma hora de curso, o Google apresenta técnicas e dicas para uma apresentação de sucesso.

Imagem: Reprodução/Envato/twenty20photos
Imagem: Reprodução/Envato/twenty20photos

9 – Design Thinking

Esta opção é para quem quer aprender ferramentas e estratégias desse método. É oferecida pela Fiap.

10 – Equilíbrio emocional na era da incerteza

A saúde mental se tornou destaque em razão da COVID-19. A chegada da pandemia afetou as relações pessoais e de trabalho. Oferecido pela EY, apesar de ser novo na plataforma, o curso já é um dos mais procurados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos