Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,09
    +0,52 (+0,47%)
     
  • OURO

    1.823,50
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    20.829,75
    -334,79 (-1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,80
    -6,00 (-1,30%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.065,25
    +24,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0243 (-0,44%)
     

Liminar da Justiça paralisa processo de venda do Polo Bahia Terra da Petrobras

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras disse nesta sexta-feira que foi intimada por uma decisão liminar do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro que determina a paralisação do processo de venda do Polo Bahia Terra, conforme comunicado.

O desinvestimento do campos de produção terrestres na Bahia estava em fase de negociações contratuais com o consórcio de empresas Petrorecôncavo e Eneva.

A Petrobras informou que adotará todas as medidas jurídicas cabíveis "em prol dos seus interesses e de seus investidores".

Também reforçou a aderência do processo competitivo do Polo Bahia Terra às suas normas internas e disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos.

(Por Letícia Fucuchima)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos