Mercado fechará em 1 h 14 min
  • BOVESPA

    114.084,39
    +1.802,11 (+1,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.499,95
    +161,61 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,29
    +1,06 (+1,47%)
     
  • OURO

    1.750,50
    -28,30 (-1,59%)
     
  • BTC-USD

    44.681,14
    +1.125,14 (+2,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.120,56
    +11,64 (+1,05%)
     
  • S&P500

    4.457,45
    +61,81 (+1,41%)
     
  • DOW JONES

    34.819,79
    +561,47 (+1,64%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.325,00
    +161,50 (+1,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2318
    +0,0230 (+0,37%)
     

Lilly Wachowski explica que voltar para Matrix 4 seria desagradável

·3 minuto de leitura

Apesar de toda a empolgação causada pelo trailer de The Matrix Resurrections, um detalhe chamou a atenção dos fãs: o novo filme vai ser dirigido apenas por Lana Wachowski e não há qualquer menção do envolvimento de sua irmã, Lilly, no projeto. E a razão para essa ausência é um tanto quanto preocupante para quem está ansioso pelo novo Matrix 4.

Em uma entrevista recente ao canal Showtime, Lilly Wachowski disse que optou por não se envolver com o novo filme da série por considerar a ideia de retornar para algo de seu início de carreira como uma coisa desagradável. Segundo ela, a principal questão era a sensação de estar fazendo algo que já tinha feito antes e como isso a afetava emocionalmente.

Segundo as irmãs Wachowski, a ideia de despertar para o seu verdadeiro eu em Matrix sempre foi uma metáfora trans — e agora Lilly não quer mais filmes que a mensagem esteja no subtexto (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
Segundo as irmãs Wachowski, a ideia de despertar para o seu verdadeiro eu em Matrix sempre foi uma metáfora trans — e agora Lilly não quer mais filmes que a mensagem esteja no subtexto (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Ela explica que sua irmã Lana teve a ideia de The Matrix Resurrections pouco tempo depois da morte de seus pais e que chegou a chamá-la para embarcar na sequência, mas que não se sentia motivada para isso tanto pelo peso da perda quanto pela ideia de repetir algo que já tinha feito no passado. De acordo com a cineasta, tudo isso se apresentou como um fardo emocional muito grande, o que fez com que rejeitasse a oferta.

Lilly explica que voltar a trabalhar em um novo Matrix seria como voltar a uma vida que ela não queria mais — ainda mais depois de todo o processo de transição de gênero e a perda dos pais, que ela descreve como sendo bastante complicados.

Além disso, a irmã Wachowski diz que se sentiu completamente exausta por causa da pressão dos grandes estúdios durante a produção de filmes como Cloud Atlas e O Destino de Júpiter, assim como na primeira temporada de Sense8.

Segundo Lilly Wachowski, voltar a Matrix seria repetir algo que ela já fez e estar em um lugar que não quer estar (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
Segundo Lilly Wachowski, voltar a Matrix seria repetir algo que ela já fez e estar em um lugar que não quer estar (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Tanto que ela diz que, quando a Netflix a chamou para fazer a segunda temporada da série, ela decidiu que iria fazer as coisas de um jeito diferente. Foi quando decidiu que ia se afastar da indústria para poder se reconectar ao seu lado mais artístico. Em 2019, ela já tinha indicado algo nesse sentido, dizendo que, desde a sua transição, não tinha mais interesse em trabalhar em ficções-científicas, mas em produções mais pé no chão com histórias em que a mensagem não fique escondida em subtextos.

Ainda assim, Lilly diz que Lana tem suas próprias razões para querer voltar ao universo de Matrix, mas destacou que seu interesse atualmente está em histórias em que lhe permitam ser ela mesma. Ainda assim, ela não descarta voltar com a parceria com sua irmã em algum momento.

Com isso, Lana Wachowski assume os roteiros e a direção de The Matrix Resurrections. Além dela, o filme ainda conta com o retorno de Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss. O longa chega aos cinemas brasileiros no dia 16 de dezembro de 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos