Mercado fechará em 2 h 26 min

Presidente da Abeifa diz que Lifan se desfiliou da entidade

feedback@motor1.com (Leo Fortunatti)
Lifan X80 2018

Associação revela que marca não faz mais parte do quadro de associados

Durante a coletiva mensal da Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores), o presidente da entidade, José Luiz Gandini, declarou que a Lifan não faz mais parte do quadro de associados. A informação foi confirmada pelo próprio Gandini ao nosso parceiro Renato Maia, do canal Falando de Carro.

Veja também

"A empresa está parada. Não tenho detalhes e já vi muita gente de lá procurando emprego", disse Gandini. Não conseguimos o contato com a Lifan para uma posição oficial da marca sobre este assunto, mas a empresa chinesa está "escondida" em nosso mercado há algum tempo. Durante o Salão do Automóvel de 2018, ela chegou a prometer novos lançamentos no país, mas passou 2019 inteiro sem qualquer informação, novidade ou novos lotes dos carros que estavam nas lojas, como os X60, X80, 530 e Foison. 

Outro fato é que a fábrica do Uruguai está paralisada desde março do ano passado. Ao lado da JAC Motors e da Chery, a Lifan apostou em carros "completos" a preços acessíveis, mas logo os chineses foram prejudicados pela alta do Dólar. Enquanto a Chery teve a operação comprada pela Caoa, a JAC Motors hoje aposta em SUVs e modelos elétricos, mas com baixos volumes. 

O último lançamento da Lifan no Brasil foi o X80, um SUV grande com motor 1.5 turbo, em junho de 2018. Desde então, não houve sequer qualquer alteração de preços nas poucas concessionárias da marca pelo país. 

Atualização 18h06: um representante da Lifan entrou em contato com Motor1.com Brasil e afirmou que a marca chinesa permanece com as operações no país.