Mercado fechado

'Quando você é uma líder mulher, sua equipe feminina espera mais de você', diz diretora da Uber Brasil

Claudia Woods é diretora-geral da Uber Brasil e representa uma clara minoria: no Brasil, apenas 16% das empresas declara ter pelo menos uma mulher em um cargo de chefia. E essa representatividade vem com uma grande carga de responsabilidade.

“Quando você é uma líder mulher, sua equipe feminina espera mais de você”, diz Claudia. “Afinal de contas, você tem que representar essa parte da equipe. E a contrapartida é [ouvir]: ‘você só está fazendo isso porque você é mulher'.”

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

A executiva é a convidada do mais recente episódio de Líderes, nova produção original do Yahoo! Finanças, que coloca representantes das empresas mais inovadoras do Brasil para discutir mercado e negócios.

PODCAST LÍDERES: OUÇA A CONVERSA COMPLETA AGORA!

Assista também

Para Claudia, é importante trabalhar para eliminar o viés da visão administrativa, ao mesmo tempo em que se gerencia expectativas da equipe. Uma das estratégias utilizadas pela Uber é a de criar igualdade de oportunidades nos processos seletivos da empresa.

“A gente tem uma regra que, para todas as posições acima de um determinado nível, o número de finalistas homens tem que ser igual ao número de finalistas mulheres”, afirma Claudia. “Se não for, volta e procura mais candidatos. Demora mais? Sim. Mas [se não for assim] você fica muito refém de ter uma pessoa com a cabeça mais aberta ou não.”

Líderes

O programa Líderes é apresentado por Luciana Pioto. A jornalista e atriz foi repórter de vídeos do UOL e também apresentou a previsão do tempo dos dois jornais estaduais da RICTV | Record TV Paraná. Ela também tem um canal no Youtube que, através do protagonismo negro, busca promover a igualdade racial e a empatia.

No quarto episódio, Fiamma Zarife, diretora-geral do Twitter Brasil, e Claudia Woods, diretora-geral da Uber Brasil, discutem o papel e a representação da mulher no mercado. Para ambas, o caminho de colocar mulheres no poder passa por medidas e processos mais igualitários, além de incentivo para que os próprios homens entendam a importância de ter diversidade em lideranças.

O Twitter sofreu grandes mudanças nos últimos anos —nem o característicos 140 caracteres são mais os mesmo (agora, são 280). A rede social agora aposta em transmissões em tempo real, sequências de tuítes e muito vídeo. Sob a gerência de Fiamma, parcerias com eventos televisivos tem apresentado bons resultados ao passarinho azul.

A Uber segue em expansão em território nacional. Se em 2014 a briga era com os taxistas, agora o app já até virou sinônimo para o serviço. Além do Eats, a empresa tem lançado novas modalidades como o Comfort, que permite customizar detalhes da viagem antes de pedi-la.

Quem é Claudia Woods

Claudia Woods, diretora-geral da Uber no Brasil (Foto: Allan Lima)

Formada em economia pela Bowdoin College, Claudia tem passagens por diversas empresas digitais, como Clickon, Netmovies, Banco Original e Webmotors. Desde fevereiro de 2019, comanda a operação nacional da Uber.