Mercado fechado

Liderança da Cummins Compartilha Estratégia e Planos de Tecnologias de Hidrogênio para Crescimento Contínuo

·11 minuto de leitura
  • Receitas de eletrolisadores projetadas em pelo menos US$ 400 milhões em 2025

  • Local de fabricação na Europa para tecnologias de hidrogênio deve estar em operação em 2021

  • Investimento contínuo em células de combustível e tecnologia de produção de hidrogênio para impulsionar a posição de liderança

A Cummins Inc. (NYSE: CMI), líder mundial em energia, compartilhou hoje como a empresa planeja ampliar seus negócios de células de combustível e produção de hidrogênio bem como consolidar ainda mais a empresa como líder mundial em energia.

"À medida que o mundo transita a um futuro de baixa emissão de carbono, a Cummins tem o vigor financeiro para investir em tecnologias de hidrogênio e baterias, bem como acionamentos avançados a diesel e gás natural", disse o Presidente e Diretor Executivo, Tom Linebarger.

A empresa delineou especificamente seus planos para gerar receitas de eletrolisadores de pelo menos US$ 400 milhões em 2025. Membros da equipe de liderança da Cummins revisaram o portfólio e a estratégia existentes de hidrogênio da empresa e discutiram oportunidades específicas de mercado em uma conferência virtual ocorrida hoje com a comunidade de investidores.

"A demanda por eletrolisadores está em rápido crescimento com a oportunidade de usar hidrogênio ecológico para substituir o hidrogênio cinza ambientalmente menos correto em processos industriais, enquanto o interesse em células de combustível cresce em certos mercados finais", disse Amy Davis, Presidente do Segmento de Novas Energias na Cummins Inc. "A Cummins está participando de mercados onde percebemos a adoção preliminar destas tecnologias, alavancando nossa liderança tecnológica, relacionamento com o cliente, conhecimento de aplicação bem como serviços e recursos de suporte a nível mundial. Também continuamos a investir em novas tecnologias, como células de combustível de óxido sólido, que mostram ser promissoras em aplicações de energia estacionária."

Durante as apresentações, os líderes da Cummins também compartilharam como o hidrogênio ecológico e as células de combustível irão desempenhar um função crucial na redução de gases de efeito estufa e emissões atmosféricas das indústrias que servem a fim de satisfazer às recomendações de especialistas para limitar aumentos da temperatura mundial alinhados com o Acordo de Paris. Eles também compartilharam que esperam que a adoção da tecnologia de células de combustível irá durar um tempo, já que as tecnologias continuam a se desenvolver com redução dos custos. Eles acrescentaram que a infraestrutura é uma barreira atual e irá requerer ação e engajamento do setor privado e governamental para intensificar o ritmo da adoção de soluções de células de combustível de hidrogênio.

"A produção de hidrogênio ecológico e a adoção de tecnologias de células de combustível em mercados atendidos por combustíveis fósseis serão hoje cruciais para diminuir as emissões de gases de efeito estufa em todo o mundo bem como irão permitir que a Cummins alcance a neutralidade em emissões de carbono até 2050", acrescentou Linebarger. "Continuaremos a trazer produtos de células de combustível de hidrogênio ao mercado, sendo que já temos muitos produtos em campo, incluindo em caminhões, trens, embarcações e outras aplicações, bem como centenas de eletrolisadores."

Visão Geral de Tecnologias e Produtos de Hidrogênio

  • A Cummins está combinando sua experiência em acionamentos e suas tecnologias de células de combustível de hidrogênio para impulsionar diversas aplicações, incluindo ônibus de trânsito, semi-caminhões, caminhões de entrega, caminhões de lixo e trens de passageiros. Hoje, a Cummins possui mais de 2.000 instalações de células de combustível em diversas aplicações dentro e fora de rodovias, bem como mais de 500 instalações de eletrolisadores.

  • As ofertas de produtos da Cummins incluem:

    • Módulos de energia de células de combustível PEM – Estes são escalonáveis de 8 a 90 kW, podendo ser combinados para atender às necessidades de energia ainda maiores e incluir o sistema completo de células de combustível.

    • Acionamentos de células de combustível – A Cummins traz sua história de 100 anos em torno de acionamentos e uma profunda compreensão dos mercados comerciais e seus ciclos de operação, e a combina com a tecnologia de células de combustível líder do setor para fornecer acionamentos robustos de células de combustível.

      • As células de combustível da Cummins estão abastecendo os primeiros trens de passageiros com células de combustível de hidrogênio através da Alstom, uma fabricante francesa de equipamentos ferroviários. Após concluir um ano e meio de sucesso e mais de 180.000 km rodados, a Cummins começa a ingressar na produção em série, sendo a maior fornecedora de células de combustível para aplicações ferroviárias no mundo.

      • Em parceria com os principais fabricantes de caminhões na Europa, integradores de sistemas e operadoras de frotas de gerenciamento de resíduos, a Cummins forneceu células de combustível à FAUN, líder em veículos de coleta de resíduos e varredores na Europa, para seu programa de caminhões elétricos de lixo. Cada caminhão tem acionamento 100% elétrico e zero emissão de gases de escapamento com autonomia de até 560 km, sendo suficiente para percorrer a rota de coleta várias vezes, transportando 10 toneladas de resíduos.

      • A Cummins está trabalhando com a ASKO, o maior atacadista de supermercados da Noruega, para fornecer células de combustível integradas a quatro caminhões elétricos Scania como parte do plano da ASKO de trazer mais veículos com combustível alternativo à sua frota.

      • Como parte da iniciativa "H2@Scale" do Departamento de Energia, a Cummins e a Navistar irão trabalhar em conjunto no desenvolvimento de um caminhão classe 8 movido a células de combustível de hidrogênio. O acionamento será integrado a um caminhão série International® RH™, que utiliza dois módulos de energia HyPM® HD90, compostos de pilhas de células de combustível HD45 conectadas em série. O caminhão será integrado à frota da Werner Enterprises de mais de 7.700 tratores e funcionando em operação de entrega local e/ou regional do mundo real fora de Fontana, CA por 12 meses.

    • Eletrolisadores (alcalinos e PEM) – Eletrolisadores usam eletricidade para separar a água e criar hidrogênio. Eles podem ser pequenos para geração no local ou alavancar várias pilhas gerando hidrogênio a partir do excesso de hidroeletricidade ou outras fontes de energia renováveis.

      • A Cummins está nos estágios finais de colocação em funcionamento da maior unidade de eletrólise PEM do mundo em Becancour, Canadá, para a Air Liquide. A instalação de 20 MW terá uma produção anual de hidrogênio de cerca de 3.000 toneladas. O eletrolisador fará uso do excesso de hidroeletricidade renovável para gerar hidrogênio descarbonizado ou ecológico. A Cummins está fornecendo seu eletrolisador PEM de 5 MW para possibilitar a energia renovável ao Distrito de Serviços Públicos do Condado de Douglas no estado de Washington em 2021. O eletrolisador da Cummins estará dedicado a produzir hidrogênio a partir de energia renovável e será o maior, bem como o primeiro de seu tipo em uso por uma unidade de serviços públicos nos EUA.

      • A Cummins forneceu eletrolisadores a mais de 50 estações de abastecimento de hidrogênio.

Perspectivas Financeiras para o Segmento de Novas Energias

Além de discutir as perspectivas para o Segmento de Novas Energias, incluindo receitas de eletrolisadores de pelo menos US$ 400 milhões em 2025, o Diretor Financeiro, Mark Smith, destacou como o forte e contínuo desempenho dos produtos existentes da Cummins permite mais investimentos em novas tecnologias.

"A Cummins tem o vigor financeiro para continuar investindo em diversas tecnologias, incluindo produção de hidrogênio e células de combustível, a fim de avançar ainda mais em nossa posição de liderança nesta área vital", declarou o Sr. Smith.

Informação de Webcast

Para ver o vídeo completo do evento e saber mais sobre os investimentos da Cummins em hidrogênio, acesse cummins.com/hydrogenday. O evento ao vivo começa às 10:30 h no horário do leste dos EUA.

Sobre a Cummins Inc.

A Cummins Inc., líder mundial em energia, é uma corporação de segmentos de negócios complementares que projetam, fabricam, distribuem e prestam serviços a um extenso portfólio de soluções de energia. Os produtos da empresa abrangem diesel, gás natural, acionamentos elétricos e híbridos e componentes relacionados, incluindo filtração, tratamento posterior, turbocompressores, sistemas de combustível, sistemas de controle, sistemas de tratamento de ar, transmissões automatizadas, sistemas de geração de energia elétrica, baterias, sistemas de energia eletrificados, geração de hidrogênio e produtos de células de combustível. Com sede em Columbus, Indiana (EUA), desde sua fundação em 1919, a Cummins emprega cerca de 61.600 pessoas comprometidas em fomentar um mundo mais próspero mediante três prioridades mundiais de responsabilidade corporativa cruciais para comunidades saudáveis: educação, meio ambiente e igualdade de oportunidades. A Cummins atende seus clientes online, através de uma rede de distribuidores próprios e independentes, além de milhares de revendedores em todo o mundo, com uma receita de cerca de US$ 2,3 bilhões em vendas de US$ 23,6 bilhões em 2019. Veja como a Cummins está capacitando um mundo que está sempre ativo ao acessar comunicados à imprensa e mais informações em https://www.cummins.com/always-on.

Declaração de Divulgação Prospectiva

As informações fornecidas neste comunicado, que não são simplesmente históricas, são declarações prospectivas segundo o significado da Lei de Reforma de Litígios de Títulos Privados de 1995, incluindo declarações referentes a nossas previsões, orientações, resultados preliminares, expectativas, esperanças, crenças e intenções sobre estratégias referentes ao futuro. Estas declarações prospectivas incluem, sem limitação, declarações referentes a nossos planos e expectativas para nossas receitas e EBITDA. Nossos resultados futuros reais podem divergir materialmente daqueles projetados em tais declarações prospectivas devido a vários fatores, incluindo, mas limitados a: desaceleração do mercado diante dos impactos da pandemia de COVID-19, outras crises de saúde pública, epidemias ou pandemias; impactos na fabricação e capacidades da cadeia de fornecimento de um desligamento prolongado ou interrupção de nossas operações devido à pandemia de COVID-19; escassez de suprimentos e risco financeiro de fornecedores, em especial de qualquer um de nossos fornecedores de fonte única, incluindo fornecedores que possam ser impactados pela pandemia de COVID-19; alinhamento de nossa capacidade e produção com nossa demanda, incluindo impactos da COVID-19; um grande número de clientes passando por dificuldades financeiras, em particular relacionadas à pandemia de COVID-19; quaisquer resultados adversos de nossa revisão interna em nosso processo de certificação de emissões e conformidade com as normas de emissão; aumento no escrutínio de agências reguladoras, bem como imprevisibilidade na adoção, implementação e cumprimento de normas de emissão em todo o mundo; interrupções no crédito mundial e nos mercados financeiros como resultado da pandemia de COVID-19; impactos adversos de ações governamentais para estabilizar mercados de crédito, instituições financeiras e outros setores; 'recalls' de produtos; desenvolvimento de novas tecnologias que reduzem a demanda de nossos produtos e serviços atuais; mudanças de política no comércio internacional; desaceleração no desenvolvimento de infraestrutura e/ou preços reduzidos de commodities; saída do Reino Unido da União Europeia (UE); relações trabalhistas ou paralisações; confiança em nossa equipe de liderança executiva e outras pessoas-chave; aceitação inferior à esperada de produtos ou serviços novos ou existentes; mudanças nas práticas de terceirização de acionamentos por clientes significativos; nosso plano de reposicionar nosso portfólio de ofertas de produtos através da exploração de aquisições e desinvestimentos estratégicos bem como incertezas referentes à entrada em tais transações; exposição a potenciais violações de segurança ou outras interrupções em nossos sistemas de tecnologia da informação e segurança de dados; desafios ou custos inesperados na conclusão de ações de redução de custos e iniciativas de reestruturação; falha em realizar resultados esperados de nosso investimento na joint venture Eaton Cummins Automated Transmission Technologies; riscos políticos, econômicos e outros de operações em diversos países; atividade concorrente; aumento da concorrência, incluindo aumento da concorrência mundial entre nossos clientes em mercados emergentes; alterações nas taxas de câmbio de moeda estrangeira; variabilidade nos custos de materiais e commodities; ações e receitas de joint ventures e outras investidas que não controlamos diretamente; mudanças na tributação; custos e riscos globais de conformidade legal e ética; reclamações de responsabilidade pelo produto; leis e regulamentos ambientais cada vez mais rígidos; desempenho de nossos ativos de plano de pensão e volatilidade das taxas de desconto, em particular aquelas referentes à desaceleração sustentada da economia mundial devido à pandemia de COVID-19; futuras proibições ou limitações ao uso de produtos movidos a diesel; preço e disponibilidade de energia; nosso mescla de vendas de produtos; proteção e validade de nossa patente e outros direitos de propriedade intelectual; resultado de litígios pendentes e futuros bem como procedimentos governamentais; disponibilidade contínua de financiamento, instrumentos financeiros e recursos financeiros nos montantes, prazos e termos requeridos para dar suporte a nossos negócios futuros; e outros riscos detalhados de tempos em tempos em nossas apresentações à SEC, incluindo especialmente na seção Fatores de Risco de nosso Relatório Anual de 2019 no Formulário 10-K e Relatórios Trimestrais no Formulário 10-Q. Acionistas, investidores em potencial e outros leitores são incentivados a considerar estes fatores com cuidado ao avaliar as declarações prospectivas, sendo advertidos a não confiar indevidamente em tais declarações prospectivas. As declarações prospectivas descritas aqui são feitas apenas na data deste comunicado à imprensa e não assumimos nenhuma obrigação de atualizar publicamente quaisquer declarações prospectivas, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outro modo. Informações mais detalhadas sobre fatores que possam afetar nosso desempenho podem ser encontradas em nossas apresentações à SEC, que estão disponíveis em http://www.sec.gov ou em http://www.cummins.com na seção de Relações com Investidores de nosso site.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20201116006028/pt/

Contacts

Jon Mills
Diretor de Comunicações Externas
(317) 658-4540
jon.mills@cummins.com