Libra cai para menor nível diante do dólar desde agosto

A libra caiu para o menor nível em seis meses em relação ao dólar nesta quarta-feira após o principal banqueiro central do país ter dito que o Banco da Inglaterra (BoE) está preparado para usar várias medidas para estimular a economia do país, incluindo mais flexibilização monetária.

O diretor do BoE, Mervyn King, disse que o BC não elevaria a taxa de juros para combater a inflação em alta, em um esforço de evitar contaminar a recuperação. Embora tenha se tornado cada vez mais difícil garantir o crescimento por meio de novas compras de bônus, o BC ainda não exauriu sua capacidade para estímulos, afirmou King.

As expectativas de manutenção de juros baixos levou libra a cair 1% para US$ 1,5523 durante a sessão, o menor nível em relação ao dólar desde o começo de agosto.

O iene, por sua vez, mudou pouco em relação ao dólar um dia após uma série comentários nitidamente conflitantes do Grupo dos Sete ter deixado os investidores inseguros quando ao ponto de vista dos tomadores de decisões de política internacional em relação à queda brusca da moeda. Participantes do mercado estão pesando o grau de criticas que o Japão irá enfrentar de seus parceiros comerciais quando o Grupo dos 20 se encontrar em Moscou na quinta-feira.

O euro fechou em US$ 1,3453 de US$ 1,3455 na terça-feira, e a 125,65 ienes de 125,80 ienes na terça-feira. Já o dólar fechou a 93,38 ienes de 93,48 ienes na terça-feira. A libra fechou em US$ 1,5536 de US$ 1,5661 na terça. As informações são da Dow Jones.

Carregando...