Mercado fechará em 1 h 25 min

LFTs tiveram ajuste com ação do BC e Tesouro, mas solução é consolidação fiscal, diz Campos Neto

Por Marcela Ayres
.
.

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira que houve ajuste nas LFTs após ação conjunta do BC e Tesouro, mas avaliou que isso "é paliativo", uma vez que o país precisa mostrar credibilidade na agenda de consolidação fiscal.

Ao participar de live promovida pelo Instituto ProPague, ele havia ponderado que na curva de LFTs --títulos pós-fixados atrelados à Selic-- era possível ver "Tesouro com pequena dificuldade" em meio à influência mais recente dos temores fiscais nos preços.