Lew vai pressionar a China em relação ao yuan

Nomeado pelo presidente Barack Obama, o futuro secretário do Tesouro dos EUA, Jack Lew, disse que enfrentar a taxa de câmbio da China é uma "prioridade". Ele também afirmou que vai pressionar os chineses para adotar um câmbio "determinado de mercado" para a sua moeda yuan.

As informações são da agência Bloomberg, que teve acesso às respostas escritas de Lew às perguntas dos membros do Comitê Financeiro do Senado, durante a sua audiência de confirmação, no dia 13 de fevereiro.

Lew disse ainda, em resposta a perguntas do senador republicano Orrin Hatch, de Utah, que iria pressionar a China para "nivelar o campo de jogo para os nossos trabalhadores e empresas, e apoiar uma mudança sustentada no crescimento do consumo doméstico liderado pela China." As informações são da Dow Jones.

Carregando...