Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,96 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,60 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    -0,56 (-0,52%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -2,20 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    21.379,51
    +167,35 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,28 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,16 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,77 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    -7,75 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Lembretes baseados em localização serão removidos do Google Assistente

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Google planeja remover os lembretes baseados em localização do Assistente sem avisar para ninguém. Essa pode ser uma notícia ruim para os esquecidos, pois precisarão usar outra ferramenta para não passar batido por alguma atividade importante.

Hoje, é possível configurar um aviso para si próprio conforme o local. Você pode marcar o supermercado e pedir para o Google Assistente lembrá-lo de comprar uma caixa de leite. Dessa forma, quando você estiver nos arredores, o aplicativo do celular deve avisá-lo para fazer a aquisição.

Você não poderá mais configurar lembretes baseados em localização com o Google Assistente (Imagem: André Magalhães/Canaltech)
Você não poderá mais configurar lembretes baseados em localização com o Google Assistente (Imagem: André Magalhães/Canaltech)

Outro uso bastante prático é para lembrar de atividades no trabalho. Se você precisa mandar um e-mail logo cedo, pode configurar o alerta para avisá-lo assim que colocar os pés no escritório.

Não houve nenhum anúncio público ou aviso no app, portanto isso poderá pegar muita gente de surpresa. A mudança foi sutil na página de ajuda do Google Assistente — por lá, a companhia recomenda criar lembretes com base no horário ou definir uma rotina para os locais desejados.

Remoção pode "liberar espaço" para nova IA

Também não está claro porque o Google tomou essa decisão, nem mesmo quando o recurso será oficialmente deletado, pois a empresa não se pronunciou. É provável que a remoção seja para liberar espaço para algo novo ou até um sistema aprimorado de lembretes.

Normalmente, as empresas excluem funcionalidades com pouca utilização, mas não parece ser o caso, porque houve muita repercussão negativa do caso no Reddit. No fórum de conversas, usuários lamentaram o fim dos lembretes baseados em localização — embora alguns digam que nem sabiam ser possível fazer isso.

Durante o Google I/O 2022, o Google anunciou uma reformulação da inteligência artificial do Assistente, no intuito de torná-lo capaz de compreender conversas casuais. É possível que o fim do recurso esteja ligado à substituição da tecnologia antiga por uma nova, mais capacitada para fazer atividades complexas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos