Mercado abrirá em 6 h 33 min
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,21 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,18
    -0,77 (-1,04%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    39.778,84
    -2.031,31 (-4,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    963,82
    +13,92 (+1,47%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,03 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    26.212,02
    +250,99 (+0,97%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    15.038,25
    +82,50 (+0,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1584
    -0,0296 (-0,48%)
     

Lembra dele? Autor de joelhada que tirou Neymar da Copa, Zúñiga ajuda jovens no futebol colombiano

·2 minuto de leitura


É provável que Juan Camilo Zúñiga fique eternizado na memória do torcedor brasileiro. Em 4 de julho de 2014, o lateral aposentado acertou o joelho direito nas costas de Neymar e causou uma lesão na terceira vértebra que o tirou da Copa do Mundo sediada no Brasil. Sete anos depois, Zúñiga é dono de um projeto ajuda crianças e adolescentes na Colômbia e projeta jovens talentos no futebol colombiano. A informação é do "ge".
+ Confira a classificação do Campeonato Brasileiro 2021!

Ironicamente, o destino fez que Zúñiga se aposentasse justamente pela sequência de lesões no joelho direito, autor da pancada que fraturou Neymar. Contudo, é fora das quatro linhas que o ex-jogador toca a vida. Dono de uma escolinha em Medellín, ele é responsável por ajudar cerca de 200 crianças e adolescentes na Colômbia. Outro projeto é a Fundação Zúñiga. Fundada em 2011, o instituto participa de campeonatos em Antioquia e fornece moradia e ensino a jovens que querem se tornar jogadores de futebol. Ao "ge", uma das promessas da fundação enaltece o ex-lateral.

- Ele nos apoia muito aqui. Conversa, dá conselhos. Ensina que temos que respeitar os professores, temos que ser humildes e treinar todos os dias como se estivéssemos disputando uma final. Tenho gratidão muito grande por ele. Ele me levou à seleção de Antioquia (departamento onde fica Medellín) e colaborou muito para estar aqui. Se estou no River é por causa dele — contou Samir, promessa de 17 anos que passou pela fundação antes de se apresentar ao River Plate nesta temporada.

Antipático sobre o assunto Neymar, quem comenta o caso é seu fiel escudeiro Alex Romaña, de 39 anos, coordenador da Fundação Zúñiga.

- O que aconteceu com Neymar é coisa do futebol. Fica para trás. Ele é um cara que trabalha muito duro. Chega 6h no campo, vê o treino dos garotos, conversa com os professores, orienta, termina e vai ter reuniões - revelou ao "ge".

Em entrevista a Gol Caracol, da Colômbia, Zúñiga chegou a afirmar que não se arrependia do fatídico lance, mas negou a intenção de machucar Neymar.

- Se ele girasse..., tchau - disse.

Motivo de inspiração para os jovens talentos, o ex-jogador se dedica ao projeto para lapidar um futuro melhor para os garotos colombianos. Daniel Robalo, de 17 anos, meia da Fundação Zúñiga, reafirmou a importância do ex-Atlético Nacional.

- Quando cheguei à fundação ele estava lesionado e vinha fazer sua recuperação aqui. Ele já trouxe Diego Toro (ex-companheiro do Atlético Nacional) para assistir aos jogos e diz sempre que disciplina é muito importante para um esportista. Para mim, é um exemplo de superação. É uma pessoa humilde e com princípios - relatou ao "ge".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos