Mercado abrirá em 5 h 32 min

Legendary Pictures está pronta para processar Warner por estreias híbridas

Laísa Trojaike
·1 minuto de leitura

Entre os próximos títulos da Warner Bros previstos para 2021, está o aguardadíssimo Duna, uma superprodução dirigida por Denis Villeneuve, que já havia mostrado sua preferência por imagens grandiosas com A Chegada e Blade Runner 2049. Agora, a briga é para fazer seu filme estrear com exclusividade nos cinemas, contrariando a decisão do lançamento híbrido divulgado recentemente pela companhia.

A disputa tem um tremendo apoio da Legendary Entertainment, que financiou 75% dos custos não apenas de Duna, mas também de outro provável blockbuster, Godzilla vs. Kong, mais um título afetado pela decisão da Warner Bros. Além da perda audiovisual de trabalhos idealizados para as salas de exibição, há a questão de pagamentos atrelados à receita da bilheteria mundial.

Imagem: Reprodução/Legendary Pictures
Imagem: Reprodução/Legendary Pictures

Segundo informações do IGN, do Deadline e do IndieWire, a Legendary teria sido pega de surpresa, assim como os cineastas que se pronunciaram recentemente; contribuindo para a ideia de que a decisão da Warner Bros não só tenha sido polêmica, como também unilateral. Agora, a Legendary estaria tentando preservar o potencial de franquia dos seus títulos, e sua própria verba, claro, ao lutar pela estreia com exclusividade nos cinemas.

A Legendary promete incluir outros projetos nesse questionamento, o que deve levar outras produtoras a fazer o mesmo. O caso ainda deve render muita discussão nos próximos meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: