Mercado fechado

Latam assina acordo de empréstimo de US$ 2,45 bilhões

Cibelle Bouças
·1 minuto de leitura

Companhia reportou prejuízo de cerca de US$ 140 milhões em agosto O Grupo Latam Airlines assinou ontem com credores e acionistas o acordo de empréstimo DIP (“debtor in possession”) no valor de US$ 2,45 bilhões. Esse modelo de empréstimo dá preferência de pagamento para o credor que ofereceu o recurso à empresa em recuperação judicial. A informação foi divulgada em comunicado apresentado pela companhia hoje à Securities and Exchange Commission (SEC). A proposta de financiamento DIP foi aprovada pelo juiz James L. Garrity Jr, da Corte de Falências do Distrito Sul de Nova York, no dia 17. O acordo de empréstimo está sujeito às leis do Estado de Nova York. Prejuízo Como parte das obrigações assumidas no processo de recuperação judicial, a Latam passa a apresentar mensalmente um relatório de desempenho. Hoje, a companhia informou que acumulou um prejuízo de US$ 139,77 milhões em agosto. Em julho, o prejuízo foi de US$ 170,30 milhões. Os números divulgados não foram auditados. A receita líquida em agosto atingiu US$ 201,04 milhões. No mês de julho, a receita foi de US$ 162,07 milhões. As despesas operacionais somaram US$ 342,75 milhões em agosto, ante US$ 323,56 milhões em julho. O prejuízo operacional foi de US$ 141,71 milhões no oitavo mês do ano, ante uma perda de US$ 161,49 milhões em julho. O saldo de caixa e equivalentes de caixa da companhia em agosto foi de US$ 930,89 milhões, ante US$ 1,108 bilhão em julho. No mês de agosto, a Latam apresentou um gasto de US$ 25,07 milhões, com escritórios de advocacia e assessores financeiros que atuam no processo de recuperação judicial do grupo. No mês anterior, os gastos foram bem menores, de US$ 516 mil. Divulgação