Latam arrecada US$ 68,2 milhões em leilão de 2,9 milhões de ações

Santiago do Chile, 21 dez (EFE).- A companhia Latam, nascida da fusão entre a Tam e a chilena Lan, arrecadou nesta sexta-feira US$ 68,2 milhões em um leilão de 2.951.390 ações na Bolsa de Valores de Santiago do Chile, correspondente ao remanescente de um aumento de capital aprovado há um ano, informaram fontes das bolsas de valores.

Desta vez, os controladores da Latam optaram por deixar para o mercado um remanescente de 7.436.816 ações, que podem arrecadar para a companhia pouco mais de US$ 170 milhões.

Após o leilão de hoje, começou um período de oferta preferencial para os atuais acionistas da empresa pelo restante dos títulos, conforme a própria Latam comunicou à Superintendência de Valores e Seguros do Chile.

O preço unitário em que foram leiloadas hoje as ações foi de 11.000 pesos chilenos (cerca de R$ 47,7) e 45% do pacote ficou nas mãos dos Fundos de Previdência.

Outros 13% foram arrematados por investidores institucionais estrangeiros, enquanto 11% foram para companhias de seguros, fundos de investimento e fundos mútuos.

Outras instituições locais e vinculadas à Latam ficaram com 6%, e o restante foi dividido entre outros estrangeiros, o segmento de montantes significativos (NIMS) e outros minoritários.

A Latam foi oficialmente criada em junho deste ano após a conclusão de uma troca de ações e é considerada a principal companhia latino-americana de aviação, com chegada de passageiros e carga a mais de 150 destinos no mundo todo. EFE

Carregando...