Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.798,00
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    36.985,94
    -1.201,01 (-3,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    872,96
    -42,53 (-4,65%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.011,51
    -180,81 (-0,69%)
     
  • NIKKEI

    27.976,25
    +142,96 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    15.105,75
    -12,00 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1111
    +0,0008 (+0,01%)
     

The Last of Us Parte 2 chega a quatro milhões de unidades vendidas

·2 minuto de leitura

The Last of Us Parte II se tornou o exclusivo de PlayStation 4 com vendas mais rápidas da história do console, registrando a marca de quatro milhões de unidades vendidas apenas no seu fim de semana de estreia. A marca foi comemorada pela Sony no final de semana e obtida em apenas três dias, entre o lançamento do título, em 19 de junho, e o dia 21.

Com o total, o jogo deixa para trás, com certa folga, os recordistas anteriores. Spider-Man, da Insomniac Games, liderava a lista de maiores vendedores do fim de semana de lançamento, com 3,3 milhões de cópias em três dias, seguido de perto por God of War, com 3,1 milhões.

Liderança, também, dentro da própria produtora Naughty Dog, com o título se tornando o game de maior sucesso da empresa. A marca de Uncharted 4: A Thief’s End, que teve 2,7 milhões de unidades vendidas em seu final de semana de estreia, foi deixada para trás com ampla distância. Comentando a marca, o diretor criativo Neil Druckmann afirmou que ela não seria possível sem o apoio dos fãs, a quem agradeceu pela conquista.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em texto publicado no blog oficial de PlayStation, Druckmann foi além e afirmou que The Last of Us Parte II lida com temas difíceis e que foi incrível ouvir como a história conversou com tantos jogadores ao redor do mundo. Ele também chamou a atenção para a criatividade dos fãs, que desde o lançamento publicam imagens usando o Modo Foto do game ou usam o recurso de tocar violão presente no título para interpretar suas canções preferidas.

O game também foi enaltecido em análise publicada pelo Canaltech no início do mês. Apesar de alguns problemas narrativos, The Last of Us 2 apresenta uma história densa e complexa sobre o ciclo da violência, retribuição e responsabilidade por atos que até podem parecer triviais, mas carregam grande peso. Uma sequência que melhora o original em todos os seus aspectos e que faz jus ao primeiro título.

Agora, a Sony se prepara para os lançamentos de dois outros exclusivos, que também deve marcar o fim do ciclo de títulos dos estúdios próprios dedicados ao PlayStation 4. No dia 3 de julho chega às lojas Iron Man VR, colocando os jogadores na pele de Tony Stark em realidade virtual; depois, em 17 de julho, é a vez de Ghost of Tsushima, com o jogador controlando um samurai que luta contra a invasão mongol no Japão feudal.

Fonte: Canaltech

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos