Mercado abrirá em 2 h 15 min

Land Rover estuda Defender menor para enfrentar BMW X1

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
Land Rover Defender 2020 off-road capability

Modelo pode usar o nome 80 e seria feito com versão encurtada da plataforma de alumínio

A linha do novo Land Rover Defender pode crescer nos próximos anos, pois começam a circular rumores de que a fabricante estuda mais uma variação para o utilitário. Desta vez, a fabricante estaria pensando em uma opção pequena, para enfrentar crossovers como Audi Q3, BMW X1 e Mercedes-Benz GLA. É o que diz o site australiano Which Car

Esta variante pequena do Land Rover Defender usaria uma versão encurtada da plataforma modular de alumínio da marca. Por fazer parte da linha do utilitário, o carro utilizará o mesmo estilo, quase como uma versão 110 menor, mantendo as cinco portas (ao contrário da variante 90 de duas portas).

Os primeiros relatos sobre este carro diziam que ele poderia ser batizado como Land Rover 80, sem uma referência à linha Defender. Ele custaria cerca de 25 mil libras (aproximadamente R$ 152 mil), o que é bem menos do que o Defender 110, vendido no Reino Unido por 40.290 libras (R$ 245 mil). A motorização seria composta por um motor de três cilindros com sistema híbrido ou um turbo de quatro cilindros, oferecendo tração integral como opcional.

Mais sobre o Land Rover Defender

Do outro lado do espectro, a Land Rover também estuda um Defender com três fileiras de assentos, que pode receber o nome de Defender 130. O Which Car afirma que ele compartilha o entre-eixos do 110, mas o espaço na traseira é ampliado para acomodar mais passageiros.

O nome 130 foi usado por uma picape e a Land Rover até considerou reviver o modelo, mas acabou descartando a ideia por acreditar que a caçamba não iria oferecer muito mais espaço para do que o porta-malas. Além disso, seria necessário fazer alterações para adaptar a plataforma de alumínio, aumentando os custos.

A nova geração do Land Rover Defender está confirmada para o Brasil, com lançamento previsto para o 2º trimestre deste ano, posicionado entre o Discovery Sport e Discovery. Ele já aparece no configurador da marca no país, somente na versão 110 nas variantes de 5 e 7 lugares, sempre com o motor 2.0 turbo a gasolina.